Coluna Social
Compartilhar

RB| Cinema

“Sobre Rodas”, longa de estreia do diretor e roteirista Mauro D`Addio, foi selecionado para a 16ª edição do FICI – Festi..

Ruy Barrozo - 22 de setembro de 2018, 20:11

“Sobre Rodas”, longa de estreia do diretor e roteirista Mauro D`Addio, foi selecionado para a 16ª edição do FICI – Festival Internacional de Cinema Infantil.

Filme ganhou o Prêmio do Público de Melhor Longa-Metragem no TIFF Kids – Festival Internacional de Toronto Kids e de Melhor Filme no Chicago International Children’s Film Festival.

O premiado “Sobre Rodas”, longa de estreia do diretor e roteirista Mauro D`Addio, foi selecionado para a 16ª edição do FICI -  Festival Internacional de Cinema Infantil, único evento de cinema dedicado ao público infanto-juvenil com abrangência nacional.

São Paulo será a primeira a receber o FICI, entre os dias 21 e 30 deste mês e exibirá o “Sobre Rodas” no sábado, às 15h no CineSesc , 29/9 - sábado e 30/9 - domingo a partir das 13h no Cinemark Eldorado.

Depois, o festival segue para o Rio de Janeiro, Niterói/RJ, Aracaju/SE, Natal/RN e Salvador/BA.

Com estreia confirmada para março de 2019 em circuito comercial, “Sobre Rodas” conta a história de Lucas/Cauã Martins, de 13 anos, que volta a escola depois de um acidente que o colocou em uma cadeira de rodas.

Lá, ele conhece Laís/Lara Boldorini, também com 13 anos, e juntos partem por estradas de terra interioranas, em busca do pai que a menina não conheceu e, nesta jornada, acabam descobrindo um ao outro.

O longa foi o vencedor do Prêmio do Público de Melhor Longa-Metragem, principal premiação do Festival Internacional de Toronto Kids/Canadá.

“Sobre Rodas” também passou por outros diversos festivais internacionais, como o Chicago International Children’s Film Festival/EUA, no qual recebeu o prêmio do júri de Melhor Filme, e o Schlingel International Film Festival for Children and Young Audiences/Alemanha, premiado também como Melhor Filme pelo júri ecumênico.

No Brasil, o filme foi selecionado para a Mostra Infantil do Festival de Gramado e para as Mostras infanto-juvenis do Festival de Brasília e do Festival do Rio, no qual recebeu o prêmio do júri de Melhor Filme da Mostra Geração.