Coluna Social
Compartilhar

RB Coletivo

Sucesso no Rio, Carandaí 25 consolida presença em SP com nova participação na Feira na Rosenbaum.Capitaneado pela..

Ruy Barrozo - 25 de outubro de 2017, 23:51

Sucesso no Rio, Carandaí 25 consolida presença em SP com nova participação na Feira na Rosenbaum.

Capitaneado pela carioca Tatiana (Tati) Accioli como uma vitrine para pequenos produtores de moda, o Coletivo Carandaí 25 desembarca pela segunda vez em São Paulo, como convidado especial da Feira na Rosenbaum.

Marcado para o período entre hoje e domingo, tendo o A Casa – Museu do Objetivo Brasileiro como locação inédita, o evento só reforça a sinergia de Tati Acyolli com Christiane Rosenbaum, à frente da Feira, que é uma das principais iniciativas do design brasileiro independente.

“Tudo começou com um convite para que Chris participasse da edição de março, mas hoje temos uma troca enorme, num movimento de apoio mútuo, o que é muito legal. O público do Rio adora conferir as novidades das marcas da Feira na Rosenbaum e percebemos, da nossa parte em São Paulo, uma demanda por produtos que remetessem à identidade carioca”, conta Tati, sobre a ponte área dos dois eventos.

324703_742978_carandai_25_manu_manu_web_

“Trabalhei durante muito tempo fornecendo acessórios para grandes marcas cariocas e ao longo do processo senti que o mercado precisava de algo novo. Resolvi unir o que eu sabia fazer melhor, que é a curadoria, com o empreendedorismo, criando uma grande plataforma colaborativa”, conta Tati.

Atualmente, o Carandaí 25 tem como modelo de negócio ser um propulsor para novas marcas e pequenos produtores, e acabou se tornando um Coletivo.

O que começou na sala da casa da empresária hoje conquista espaços cada vez maiores e capazes de abrigar mais de um dia de evento.

Desde o começo de 2017 o Coletivo Carandaí 25 realiza suas edições em uma icônica mansão no bairro da Gávea, área nobre da cidade, onde reúne 160 expositores do eixo Rio/São Paulo.

A mais recente delas, em agosto, levou cerca de dez mil pessoas, um recorde de público para cinco dias de evento.

O motivo do crescimento, além do cuidado com cada detalhe - desde a curadoria de marcas até a escolha dos espaços - é a completa dedicação de Tati, hoje diretora comercial.

“Formatamos um novo modelo voltado para pequenos produtores e montamos assim uma plataforma de negócio. Um coletivo que tem por objetivo incentivar a moda colaborativa e fomentar as novas marcas”, diz.

Em quatro anos o Carandaí 25 cresceu e se tornou um dos maiores sucessos do varejo carioca.

No calendário do Rio de Janeiro são três grandes edições por ano, além de uma pop-up store no shopping Rio Sul, com 20 marcas selecionadas.

Em comparação a 2016, o evento triplicou o número de marcas e teve um crescimento de 430% de movimentação financeira, chegando a R$3,4 milhões. Os dados reforçam a maturidade do coletivo, que em novembro faz suas estreia em CWB, com evento no Pátio Batel; e fecha o ano em alto estilo com uma nova edição na Casa Rosa da Gávea, entre 29 de novembro e 3 de dezembro.ruy.barrozo