Coluna Social
Compartilhar

RB Cultura

Ivan Padovani, Pedro França, Cristina Schleder, Maurizio Manciole e Bruno Miguel são alguns dos artistas que terão seus ..

Ruy Barrozo - 04 de outubro de 2017, 02:08

Ivan Padovani, Pedro França, Cristina Schleder, Maurizio Manciole e Bruno Miguel são alguns dos artistas que terão seus trabalhos expostos na galeria Euroarte em São Paulo.

Entre hoje e domingo, a Arte/Formatto apresenta sua segunda mostra anual, reunindo cerca de 150 obras de 50 artistas na Galeria Euroarte, em São Paulo. São nomes que pertencem à nova geração disposta a expandir os limites de sua arte, tornando-a mais visível e acessível, inclusive com o uso de plataformas digitais de divulgação.

Com a entrada em cena de novos colecionadores, que começam um acervo pessoal com obras adequadas às várias faixas de aquisição no mercado da arte, este é o momento em que o negócio se expande.

Entre os artistas contemplados, estão: Cristina Schleder, artista multidisciplinar, que já expôs no exterior, cuja obra remete aos elementos da natureza; João Magalhães, atualmente com mostra em cartaz no Rio de Janeiro; o fotógrafo Maurizio Mancioli; o professor e estudioso Ivan Padovani; Pedro França, desenhista e produtor de filmes e instalações, entre outros, que fazem parte do catálogo disponibilizado no site da Arte/Formatto - www.arteformatto.com.br, em que é possível visitar online os portfólios e conhecer mais sobre a trajetória e produção de cada artista.

Ainda durante a exposição, acontecerá o lançamento do Prêmio Arte/Formatto – dedicado a essa nova geração de artistas que ilustram esse cenário de novo mercado.

E mais: No sábado, sob curadoria do professor e crítico Rafael Maia Rosa, um debate acerca dos caminhos que um artista percorre para sair do anonimato e alcançar reconhecimento no meio artístico será promovido no mesmo local.

Com presença de Bruno Dunley, Carla Chaim e Thais Rivitti apresentando suas experiências de início de carreira e engajamento com iniciativas de estímulo ao surgimento de novos nomes no mercado de arte.ruy.barrozo