Coluna Social
Compartilhar

RB Literatura

Uma viagem por dentro do corpo humano.Desde o túnel dos ouvidos até bem depois do escorregador da traqueia, as fo..

Ruy Barrozo - 22 de novembro de 2016, 23:20

Uma viagem por dentro do corpo humano.

Desde o túnel dos ouvidos até bem depois do escorregador da traqueia, as formigas Flor e Miga compartilham surpresas e descobrem como funciona essa verdadeira máquina ligada ao espírito de cada um.

No livro O que é que o corpo humano tem por dentro?, publicado pela Boa Nova Editora, e escrito por Danielle Carvalho, as crianças farão uma viagem pelo corpo humano acompanhadas de duas personagens muito fofas: as formigas Flor e Miga.

Depois da aula de Ciências, na escola Dulce Formiga, as meninas precisam fazer um trabalho em dupla que vale 10 pontos sobre como é o corpo humano por dentro.

Apavoradas, as duas não sabem por onde começar até que Miga tem uma ideia que vai muito além de acessar o Formigonet.

O plano é entrar no corpo humano de alguma criança.

Equipadas, com roupas de mergulho e equipamento de rapel, as amigas embarcam na missão!

Mas, na hora de viajar, bate um medo tão grande que quase faz Miga desistir.

Elas estavam com medo, mas vejam só: o medo é um sentimento que nos paralisa...

Imaginem só se todos tivessem medo?

Grandes descobertas não teriam sido feitas.

Já pensou se Santos Dumont tivesse medo de altura?

Ele não teria criado o avião!

Os astronautas, se não tivessem coragem, nunca teriam pisado na Lua e feito

outras tantas descobertas em nosso benefício.

Temos sempre que tentar enfrentar nossos medos, para que não prejudiquem nossa evolução.

Depois de tomar coragem, ambas começam o trajeto pelo ouvido de uma criança.

A partir daí, as aventuras não param mais.

As duas compartilham surpresas e descobrem como funciona essa máquina ligada ao espírito de cada pessoa.

Quando um humano está feliz, ele ri, canta, abraça, beija...

Mas, quando está triste, ele chora.

Para as lágrimas saírem, o cérebro manda uma mensagem aos olhos, que diz: “Vamos colocar esta tristeza para fora!”.

E a tristeza sai em forma de lágrimas.

Além de ensinar sobre o funcionamento do corpo humano e mostrar a importância de cuidar bem do corpo para não ficar doente, por exemplo, a obra incentiva às crianças a enfrentarem seus próprios medos e serem mais corajosas.ruy.barrozo