Coluna Social
Compartilhar

RB| Mesmo com restaurante fechado devido ao decreto municipal, Família Madalosso cria Projeto Social ‘Florescer’

Com o objetivo de oferecer auxílio às pessoas em vulnerabilidade, o projeto realizou a primeira ação social no último di..

Ruy Barrozo - 02 de abril de 2021, 22:47

Com o objetivo de oferecer auxílio às pessoas em vulnerabilidade, o projeto realizou a primeira ação social no último dia 11.

O ano de 2020 foi de muito impacto para diversos setores, porém, também desencadeou uma onda de solidariedade que deu apoio aos hospitais, trabalhadores desempregados e organizações não-governamentais - ONGs nos piores momentos da crise.

Todavia, manter o ritmo de doações é um dos próximos desafios para o terceiro setor, segundo pesquisa da Datafolha para a fabricante de bebidas AmBev: entre as principais dificuldades para o pós-pandemia estão a falta de apoiadores financeiros, doações de materiais e equipamentos e voluntários para ajudarem a organização a se reerguer.

De acordo com os dados, problemas financeiros são definidos como preocupantes para 35% das organizações do Sul do Brasil, e é neste cenário que a Família Madalosso, maior restaurante da América do Sul, criou o projeto “Florescer”, que busca dar auxílio às pessoas em vulnerabilidade neste momento de dificuldades.

Com um calendário fechado para o ano todo, o projeto social da Família Madalosso entende que “a responsabilidade social das empresas é uma prática adotada por aquelas que buscam contribuir para a construção de uma sociedade melhor, incluindo em seus valores e código de ética, condutas que vão além do bem-estar corporativo, mas que também tenham uma preocupação com a comunidade na qual está inserida”.

O nome do projeto, “Florescer”, é uma homenagem à Flora Madalosso, fundadora do restaurante localizado em Santa Felicidade e exemplo quando se trata de engajamento social.

Início das atividades

O projeto “Florescer” realizou a sua primeira ação no último dia 11 em parceria com a Mesa Solidária, programa lançado pela Prefeitura de Curitiba em dezembro de 2019 para garantir que pessoas em situação de risco social, principalmente em situação de rua, possam se alimentar diariamente em espaços limpos e confortáveis.

Foram servidos tradicionais pratos do restaurante, como risoto, polenta frita, frango, refrigerante e brigadeiro.

Ao todo, 160 refeições foram servidas para quem foi à praça, entre elas 17 mulheres e seis crianças, segundo a Prefeitura.

Calendário social

Dando seqüência às atividades, o restaurante Família Madalosso criou um cronograma de atividades com parceiros de diversos segmentos sociais.

No último dia 16, a APAE CWB recebeu uma Oficina de Massas com visita guiada na cozinha e fabricação de macarrão no Restaurante Madalosso.

Depois, projetos como o Lar Vovó Joana, Fundação de Ação Social - FAS, Sociedade Protetora dos Animais - SPAC, Associação Casa do Pai, Associação Amigas da Mama, Associação Rita de Cássia e Hospital Erastinho recebem os voluntários para ações no decorrer do ano.