Coluna Social
Compartilhar

RB Música

Lexa lança clipe gravado com Tati Zaqui.Gravação aconteceu em CWB e foi produzida pela ArteLux.O clima futurista ..

Ruy Barrozo - 23 de outubro de 2017, 12:03

Lexa lança clipe gravado com Tati Zaqui.

Capa Movimento Feat

Gravação aconteceu em CWB e foi produzida pela ArteLux.

O clima futurista deu o tom da gravação do clipe de “Movimento”, nova música da cantora Lexaem parceria com Tati Zaqui.

Com cenário feito com luzes, neon e projeções, a gravação aconteceu em CWB, envolveu cerca de 40 pessoas e contou com a produção da ArteLux Produções.

Dirigido por Bruno Surian e Beto Gomes, o clipe de “Movimento” reuniu as duas cantoras e durou 8 horas.

“Movimento é uma música descontraída e ao mesmo tempo sensual, feita para qualquer um dançar. Estou bastante animada porque essa canção é a minha cara”, conta Lexa.

Tati e Lexa ja conversavam pelas redes sociais curtiam o trabalho uma da outra.

“Quando ela comentou sobre uma participação e me mostrou a música, gostei logo de cara por ser um reggaeton... Esse ritmo sempre me ganha e o trabalho ficou incrível”, disse Tati.

“Foram 3 figurinos para cada uma e abusei do roxo, azul, verde e rosa em tecidos sintéticos. Sempre com uma pegada moderna e futurística”, explica a stylist Carola Chede.

Confira o clipe de “Movimento”: www.youtube.com/watch?v=XpQ_x_hT5vM.

Biografia

Lexa tinha tudo para se tornar uma ótima engenheira ou uma perspicaz matemática, mas a música falou mais alto e alterou seus planos.

A carioca de 22 anos já morou em Brasília, Belém e São Paulo e o convívio com diferentes culturas foi um diferencial para o início de sua carreira.

Das apresentações que começaram aos 3 anos, passando pela primeira composição, aos 9, vieram as aulas de canto, piano e violão.

Indicada pelo produtor musical Batutinha, Lexa finca o pé no showbiz e assina contrato com a K2L Empresariamento Artístico em 2014.

“Posso Ser” marcou sua estreia nas rádios.

A canção, produzida por DJ Batutinha, teve o clipe dirigido por Raoni Carneiro em clima de superprodução: cerca de 100 pessoas envolvidas e mais de 15 horas de gravação.

A música, lançada em fevereiro de 2015, rapidamente alcançou o top 20 da Billboard Brasil.

Em março, Lexa fez seu show de estreia em um megaevento na Fundição Progresso. Acompanhada por quatro músicos e sete bailarinos, ela passeia por diferentes gêneros, do pop ao reggae, passando pelo rock e, é claro, o funk. Ainda no backstage ela assina contrato com a Som Livre.

Pouco tempo depois, lançou o EP “Posso Ser” que, além da música homônima, contava também com 4 outras faixas: “Para de Marra”, “Disponível”, “Bem Resolvida” e “Deleta”.

Em junho de 2015, a cantora lançou o clipe de “Para de Marra”, dirigida por Rafael Almeida.

No final de agosto, Lexa deu início ao lançamento de seu primeiro CD: "Disponível".

Uma ação promovida através de seu Instagram - @lexaoficial teve mais de 100 mil visualizações em apenas meia hora.

Em “Disponível”, Lexa mostra atitude de rockstar e tem o clipe lançado com exclusividade pelo Multishow.

O CD da Som Livre traz 13 músicas sendo seis composições próprias.

Lexa foi indicada a vários prêmios, e ganhou alguns deles como: "Prêmio Jovem Brasileiro"- cantora revelação, "Brazilian Choice Awards" - revelação musical, "MIXME Awards" - revelação do ano, "Radio Music Awards Brasil" - revelação e "Brasil Music Awards" - artista revelação, além de ter apresentado o prêmio "Nickelodeon".ruy.barrozo