Coluna Social
Compartilhar

RB Sala de aula

Curso de CIPA pretende minimizar acidentes de trabalho.SINCABIMA oferece treinamento entre hoje e sexta-feira.O c..

Ruy Barrozo - 23 de junho de 2016, 12:30

Curso de CIPA pretende minimizar acidentes de trabalho.

SINCABIMA oferece treinamento entre hoje e sexta-feira.

O cenário é típico de uma grande fábrica: máquinas pesadas, cortantes e, muitas vezes, aliadas a altas temperaturas.

Funcionários que, apesar de bem treinados, são suscetíveis a falhas humanas e cansaço.

O resultado desta equação vira estatística: entre 2007 e 2013, o Brasil registrou 5 milhões de acidentes de trabalho, dos quais 45% acarretaram na morte, invalidez permanente ou afastamento temporário de trabalhadores.

Os dados são do Anuário Estatístico da Previdência Social, que teve sua última atualização em 2013.

É pensando em minimizar dados alarmantes como estes que o SINCABIMA – Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos, de Doces e Conservas Alimentícias do Estado do Paraná oferecerá, em parceria com o SESI, um curso de CIPA (comissão interna de prevenção de acidentes).

O curso acontece de hoje a próxima sexta-feira e o principal objetivo é conscientizar as empresas sobre a Comissão, que visa a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho.

A instalação da CIPA é obrigatória para todas as empresas com mais de 20 funcionários.

Para as demais, é necessário nomear ao menos um representante treinado em curso para a realização das atividades referentes à Comissão, conforme determinações da NR-05.

Com carga horária de 20 horas, o curso é voltado para empregados da indústria e acontecerá na sede do SINCABIMA.

O treinamento será gratuito para as indústrias associadas ao sindicato.

Já para não associadas com CNAE indústria o valor do investimento é de R$ 85,00 por participante e para aquelas com outros CNAE é de R$ 150,00.

Ao final das atividades, serão fornecidos certificados aos alunos que completarem a carga horária exigida.

Limitação

A Justiça do Trabalho vem limitando o direito à estabilidade dos empregados eleitos para a CIPA.

Até então, estes trabalhadores não poderiam ser demitidos sem justa causa desde o momento de sua candidatura até um ano após o término do mandato. No entanto, funcionários que tenham renunciado voluntariamente ao cargo de “cipeiros” têm visto seus pedidos de indenização e reintegração negados pelos magistrados.

Data: 20 a 24 de junho

Horário: 8 às 12 horas

Local: SINCABIMA - Gal. Teodorico Guimarães, 303 - Bairro Vila Fanny – CWB/PR.

Telefone: 41 - 3569-5692.ruy.barrozo