Coluna Social
Compartilhar

RB Teatro

Personagens ganham vida em teatro de sombras na Caixa Cultural Curitiba.Peça “A cortina da babá” é baseada em obr..

Ruy Barrozo - 10 de julho de 2016, 23:22

Personagens ganham vida em teatro de sombras na Caixa Cultural Curitiba.

A cortina da Baba¦ü (cred Marco Aurelio Olimpio) 1

Peça “A cortina da babá” é baseada em obra infantil da escritora inglesa Virginia Woolf e utiliza técnica aprendida com especialista chinês.

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta o espetáculo infantil “A cortina da babá”, nesta sábado e domingo.

A peça utiliza a técnica do teatro de sombras e é baseada em um texto da escritora inglesa Virginia Woolf.

A cortina da Baba¦ü (cred Marco Aurelio Olimpio) 2

Partindo da forma tradicional chinesa, aprendida com Liang Jun – diretor da maior companhia de teatro de sombras da China – o espetáculo chega a uma ruptura com a técnica ortodoxa em prol de um estilo mais contemporâneo, por meio da utilização de diferentes suportes de projeção, materiais e fontes de luz.

A cortina da Baba¦ü (cred Marco Aurelio Olimpio) 3

Com quatro atores-manipuladores, a montagem parte do texto Nurse lugton’s curtain, de Virginia Woolf, e narra à história de uma babá que cochila enquanto costura uma grande cortina azul, bordada com figuras que representam animais e uma pequena aldeia.

Ao quinto ronco, as figuras vão ganhando vida.

Primeiramente, os animais bordados no tecido começam a se mexer.

Dirigem-se, então, a um lago para beber água.

A cortina da Baba¦ü (cred Marco Aurelio Olimpio)

Depois, as pessoas que habitam uma aldeia, também representada no tecido, saem das suas casas para se divertir.

Todos tentam agradar uns aos outros por saberem que estão encantados por uma feiticeira gigante, que é a própria babá.

Quando ela acorda, tudo volta ao normal.

O texto foi escrito para uma sobrinha que certa vez visitou Virginia Woolf.

O material foi encontrado em meio aos manuscritos do romance Mrs. Dalloway, um de seus trabalhos mais conhecidos.ruy.barrozo