Grupo carioca conquista Curitiba com atitude no palco e postura politizada

Por Leonardo Bessa O grupo Melanina Carioca, que se apresentou em Curitiba, na Shed Western Bar, é um dos raros que demo..

Guilherme Grandi - 11 de outubro de 2016, 12:10

Vestibulum dignissim libero orci, id congue arcu efficitur lobortis.
Vestibulum dignissim libero orci, id congue arcu efficitur lobortis.

Por Leonardo Bessa

O grupo Melanina Carioca, que se apresentou em Curitiba, na Shed Western Bar, é um dos raros que demonstra forte posicionamento político e ideológico. Em entrevista antes de subirem ao palco, alguns integrantes falaram sobre a atual situação do país. Roberta Rodrigues, atriz da TV Globo e integrante da banda, disse que as desigualdades sociais estão presentes em algumas das letras, justamente por representarem o sentimento do Melanina Carioca, que foi formado no Morro do Vidigal, subúrbio do Rio de Janeiro. O também ator Jonathan Haagensen, que fez o filme Cidade de Deus, disse que é importante que todos do grupo estejam atentos às transformações políticas e culturais não só do Brasil, mas também do exterior. Ele citou a série Get Down, do canal Netflix, como uma inspiração para o Melanina Carioca. A trama conta a história do surgimento da soul music, na região do Bronx, em Nova York, nos anos 60. No palco eles mostraram essa veia, com muito funk, hip hop, samba e MPB. O momento mais emblemático, no entanto, foi quando ao fim de uma música os integrantes cerraram o punho direito e ergueram o braço, fazendo referência ao gesto de Malcom X, líder dos Panteras Negras, grupo revolucionário norte-americano que lutava pelos direitos da população negra nos anos 60.

ANÚNCIO

Crédito foto: Kauana Bechtloff