RB| Balada

Ruy Barrozo

WS Brazil revive o auge do pagode dos anos 90.

A casa de shows curitibana vai receber diversos artistas consagrados no gênero que embalou o país durante toda a década.

Hoje, inquestionavelmente a música sertaneja é o estilo mais popular no país, lotando apresentações e dominando as paradas de sucesso.

Mas como cada época é marcada por tendências e sucessos próprios, o Brasil dos anos 90 sem dúvida era do pagode.


pagode90

Bandas como Raça Negra, Só pra Contrariar, Karametade, Molejo e Negritude Júnior ganharam o público e garantiram a trilha sonora de shows, festas, churrascos e reuniões de família.

Dos mais românticos aos mais descontraídos, os refrões das músicas ecoavam em diversos programas de rádio e TV e acabavam reproduzidos até por quem não era fã do gênero.

Tamanho sucesso consagrou o pagode como preferência nacional na década de 90 e marcou uma geração, que hoje relembra os sucessos do período com estima e carinho.

Toda essa nostalgia tem resgatado a popularidade do pagode, que vem reconquistando cada vez mais espaço na playlist dos brasileiros.

Diversas bandas e cantores consagrados na época estão voltando aos palcos e revivendo toda a alegria e diversão do estilo.

Apostando nisso, a WS Brazil, uma das casas de shows mais queridas da capital paranaense, acaba de lançar uma programação especial dedicada à fase de ouro do pagode.

A partir deste domingo, o grupo curitibano Ambição comandará as noites com o melhor do segmento.

Toda semana a banda Ambição receberá um convidado que fez história no pagode dos anos 90.

Vavá

Durante o mês de março, se apresentam na casa os artistas Netinho de Paula (dia 12), Vavá (foto – dia 19) e Salgadinho (dia 26).

Mais informações no site www.wsbrazil.com.br.ruy.barrozo

Post anteriorPróximo post
Ruy Barrozo
RUY BARROZO Ruy Barrozo é jornalista e publicitário, diretor da empresa Ruy Barrozo Comunicação e Marketing e promoter de grandes eventos. É colunista online do Paraná Portal, da revista Diference e do jornal Indústria & Comércio.
Comentários de Facebook