Coritiba caminha a passos largos para a Série B

Vinicius Cordeiro

coritiba coxa tabela brasileirão

O empate melancólico entre Coritiba e Bragantino comprova que o clube parece determinado em voltar à Série B. Afundado na 18ª posição da tabela do Brasileirão, o Coxa precisa de um aproveitamento jamais visto nesta temporada para escapar da zona de rebaixamento. São duas opções: milagre divino ou milagre eleitoral, já que o Alto da Glória terá pleito para eleger o próximo mandatário no próximo sábado (12).

Muito se discute e critica sobre a qualidade do técnico Rodrigo Santana ou de alguns jogadores, como por exemplo se cada atleta consegue demonstrar o melhor desempenho em tal posição.

Os problemas que geraram tudo isso não foram esses. Não há nada pessoal contra qualquer um citado abaixo.

Por quê o Coritiba esperou mais da metade do Campeonato Brasileiro para rescindir contrato com o zagueiro Rodolfo Filemon? Todas as exibições dele mostraram que ele não consegue competir no nível exigido da Primeira Divisão.

Neílton, trazido com status de titular, esquentou o banco de reservas por quantas rodadas? Brayan Lucumí fez o que na Segunda Divisão da Colômbia para vestir a camisa alviverde? Robson é o craque do time?

Sarrafiore, que só veio por um grande esforço dos dirigentes alviverdes, trocou a reserva do Inter por uma cadeira fria no Couto Pereira. Sinceramente, ele iria evoluir muito mais em Porto Alegre.

Yan Sasse vai completar mais uma temporada no Coxa. Um fenômeno. Para completar, o ex-diretor Rodrigo Pastana buscou o meia Gabriel enquanto o técnico Eduardo Barroca recomendou o meia Thiago Lopes para o Vitória. Ambos eram titulares no Alviverde e hoje disputam, de forma honesta, a Série B.

A montagem do elenco para o Brasileirão foi algo absurdo. O rebaixamento, caso se concretize ao Coritiba, será merecido pelos erros do planejamento.

TABELA DO CORITIBA NO BRASILEIRÃO

Para não cair, o Coritiba precisa vencer três dos cinco próximos duelos. Tropeços contra Sport, Botafogo ou Goiás só vão consolidar ainda mais o rebaixamento alviverde.

Para falar a verdade, a única partida que é viável o Coxa perder é contra o Atlético Mineiro. De resto, é apenas pensar em ganhar em ganhar, até mesmo no clássico estadual contra o Athletico.

  • Sport x Coritiba – domingo (13), às 18h15, na Ilha do Retiro.
  • Coritiba x Botafogo – sábado (19), às 21h, no Couto Pereira.
  • Atlético-MG x Coritiba – sábado (26), às 17h, no Mineirão.
  • Coritiba x Goiás – quarta (6/1), às 20h30, no Couto Pereira.
  • Coritiba x Athletico – sábado (9/1), às 19h, no Couto Pereira.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="732790" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]