Coritiba não disfarça semblante de rebaixado, e Athletico cumpre obrigação

Vinicius Cordeiro

athletico coritiba

O Coritiba viveu mais uma tragédia contra o Goiás, antes de encarar o Athletico. No primeiro tempo, time praticamente estéril, sem forças para ganhar uma dividida. A derrota só aumenta a vergonha do torcedor. O duelo direto foi mais um tropeço explicado pelo péssimo trabalho feito no último ano de Samir Namur.

Vamos a números. Além do Coxa, o próprio Goiás, o Botafogo e o Vasco aparecem na zona de rebaixamento do Brasileirão. O Bahia tem a mesma pontuação dos vascaínos. Contra essas quatro equipes, as piores do campeonato, o Coritiba tem 23,8% de aproveitamento dos pontos.

Foram duas derrotas diante do Bahia, uma vitória sobre o Vasco (o jogo do returno acontece daqui duas rodadas). Para fechar, conquistou um empate e uma derrota (em casa!) contra Goiás e Botafogo. Equipe fraquíssima. Ou seja, não há como ter esperança pela permanência na Primeira Divisão, por mais que os profissionais do clube digam o contrário.

Caso o técnico paraguaio Gustavo Morínigo consiga o milagre, a coluna volta a qualquer momento para aplaudir. Por enquanto, espero que Renato Follador elabore o planejamento com o orçamento da Série B.

CORITIBA ENCARA CLÁSSICO CONTRA O ATHLETICO E SUA FÊNIX

O Atletiba vai animar o final de semana dos curitibinhas. O Coxa terá dois dias de trabalho com o novo treinador antes de encarar o maior rival da história.

O Athletico esteve longe de animar a torcida, mas conseguiu se recuperar bem e não vai passar qualquer risco de rebaixamento. Venceu o Botafogo, o que é um resultado bem previsível ao comparar os momentos distintos.

Para alguns, o sonho da Libertadores ainda vive. Sonhar faz bem. De qualquer forma, chama a atenção o novo brilho de Carlos Eduardo. Kayser foi o nome da partida, mas o atleta que veio do Palmeiras estava totalmente desacreditado. Desde a chegada de Paulo Autuori, a quem credita parte da confiança adquirida, ressurgiu das cinzas como uma verdadeira fênix. Atuou como meia direita e é extremamente participativo. O resgate de um jogador assim é excelente notícia para o Furacão.

Previous ArticleNext Article