Assunção ou Ascensão de Nossa Senhora?

João Marcos

Balneário Camboriú, agosto de 2011, missa das 18 horas, Igreja Santa Inês… lotada…
Antes de começar a missa, entram algumas dezenas de jovens entre 9 e 13 anos, enfileirados, e sentam-se no deck do altar redondo da igreja.
Celebrava a missa o Frei Ladi. Grande orador, inteligência ímpar, sempre portador de lindas mensagens que entram nos corações dos que o escutam. Sermão que todos entendem, querem e necessitam ouvir. O Frei tem grande simpatia e afeição de todos. Pessoa excepcional e muito querida.
A Assunção de Nossa Senhora é celebrada no dia 15 de agosto. Motivo do sermão do pároco.
Após os cânticos e saudação aos fiéis, o Frei pergunta em alto e bom som:

– Quem sabe o que é Assunção de Nossa Senhora?

Silêncio total. Ninguém responde. Pergunta novamente:

– Alguém me responde o que é Assunção?


Silêncio sepulcral. Um dos meninos que estava sentado aos pés do altar, timidamente levanta o braço. Os olhares de todos se voltam a ele. O Frei gentilmente pede que responda. O menino levanta-se e manda:

– Assunção é a capital do Paraguai!

A risada foi generalizada…Gargalhadas, até!
Com muita habilidade e perspicácia, o Frei elogiou e parabenizou o garoto, dizendo que era um grande conhecedor de geografia. E falou:

– A Assunção que me refiro neste momento é outra. E explicou:
– A Assunção de Nossa Senhora foi sua subida aos céus e fora acompanhada por muitos anjos.

E ainda complementou:

– A Ascensão aconteceu com Jesus Cristo, que sozinho subiu aos céus, sem a companhia dos anjos.

Em “off”…eu achava que o correto era Ascensão de Nossa Senhora. E que Assunção fosse tão somente mesmo, a capital do Paraguai. Penso que todos os participantes daquela missa também. Afinal, quando o Frei perguntou, ninguém respondeu. Fora o menino geógrafo… naturalmente!

Crônicas recomendadas: Ele era assim… ; Aquele homem
Curta, compartilhe e siga-me no Facebook
Curta a página da editora Mérula

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook