Você ficou sabendo?

João Marcos

Imaginem… como pode? Três cidadãos da city acusados de estupro. Pasmem! A menina tinha tão somente 11 anos. Pode? Pode sim!
As investigações procedem, a expectativa da população e os comentários efervescem. Após exame médico a prova cabal do crime: esperma colhido para não deixar nenhuma dúvida. Comentários em ebulição aos quatro cantos! Muitos dizendo que a corda iria arrebentar no mais fraco, como sempre. E se o estuprador tiver AIDS? Além do trauma psíquico e físico, mais esta. Coitada da menina. Já pensaram, ser soropositiva?
“Queremos justiça! Justiça! Justiça!”. Era o protesto uníssono de muitas pessoas em passeata na praça da cidade, expondo faixas e cartazes.
As investigações prosseguem… algumas pistas sinalizavam o autor. Seria ele?

Não acredito! Ninguém acreditava! A prisão preventiva fora decretada. Busca e apreensão do computador, tablet, celular e tudo o que pudesse indicar outras provas.
Finalmente o autor confessa: “Fui eu! Pronto, fui eu!”. Não sei onde estava com a cabeça. Peço desculpa a todos. Especialmente à menina e sua família! Que Deus me perdoe, que tenha compaixão…
Uma semana após a prisão, o médico da família que nada sabia por estar em viagem de férias, comparece na delegacia e contesta: “Não foi ele o autor do estupro. Certeza que não foi! Posso provar. Chamem o médico perito forense que ele vai endossar o que estou dizendo”.
Exame realizado e foi confirmado! Não fora mesmo! Mas afinal, por que assumira a culpa? Que enigma!
E no laudo do médico perito a resposta: “Ele é eunuco!”

Crônicas recomendadas: Massa? ; Foi estupro? 
Curta, compartilhe e siga-me no Facebook
Curta a página da editora Mérula

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook