Fim de 2020 para Athletico, Coritiba e Paraná

Vinicius Cordeiro


2020 acabou para os três clubes de Curitiba.

O Athletico conseguiu vencer o Vasco e, pra mim, não corre mais risco de rebaixamento no Brasileirão. Os erros no planejamento são consertados aos poucos por Paulo Autuori. Se o Marquinhos Gabriel seria o camisa 10 do time no início do ano, a reestreia de Jadson deu uma animada no torcedor. O experiente meio campista não tem mais o ritmo de 2005, mas a inteligência, qualidade e experiência podem lhe dar minutos importantes dentro de campo. Fora das quatro linhas, Jadson dá um sentimento de alegria na torcida, que vê um de seus ídolos desse século voltar a defender a camisa rubro-negra.

Já o Coritiba deu a despedida que Samir Namur merecia. Talvez ele não tenha sido o pior presidente da história, mas com certeza foi o pior desse século. A vitória monumental de Renato Follador é um sopro de esperança. O milagre será evitar o rebaixamento para a Série B. Veremos se consegue com a mudança brusca que ele propõe. Pachequinho já não é mais treinador do Coxa. Quem será que vem?

Por fim, o Paraná Clube tenta evitar a maior tragédia da história. O time não dá muitos sinais de reação na luta contra o rebaixamento da Série C. Seria um vexame, ainda mais por ter estado nas primeiras colocações no início da Série B.

Que 2021 venha com muitos triunfos aos times paranaenses!

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="736377" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]