Flamengo vence Internacional em mais uma tragédia da arbitragem brasileira

Vinicius Cordeiro

flamengo internacional brasileirão rodinei

A vitória do Flamengo sobre o Internacional por 2 a 1 neste domingo (21), no jogo que praticamente definiu o título do Brasileirão 2020 ao Rubro-Negro, foi marcou por mais uma atrocidade da arbitragem.

E olha que o juiz Raphael Claus nem é o principal vilão na expulsão de Rodinei, que decidiu os rumos da partida no Maracanã. No primeiro tempo, ficou tudo empatado: Edenílson marcou um golaço de pênalti e Arrascaeta igualou  após jogada de Bruno Henrique.

Aos 11 minutos da etapa final, o lateral-direito do time gaúcho deu um bote atrasado e acabou dando um pisão em Filipe Luís.

O lance é faltoso, mas acionar o VAR é um desperdício. Em câmera lenta, o contato parece ser muito pior do que, de fato, foi. Só que é baseado nessa imagem que o árbitro de campo vai punir o jogador. Por isso, sob o ponto de vista de Claus, é compreensível a expulsão.

Porém, em qualquer pelada amadora pelo país, a falta é normal – em alguns casos aparece o cartão amarelo – e o confronto segue. Ver esse tipo de marcação não é incomum, e geralmente resulta na aplicação do vermelho. A revolta colorada se torna ainda maior.

“O Flamengo não precisava disso para ganhar”, frase dita pelo volante Rodrigo Dourado na saída de campo, é a sensação de todos os não-flamenguistas.

O VAR é uma das ferramentas tecnológicas mais importantes no esporte. O problema é a incapacidade dos árbitros brasileiros no uso. Essa foi a toada de toda a Série A. Que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) se movimente para mudar isso.

No final das contas, Rodinei sai do duelo com uma mistura das imagens de vilão e vítima. E azar do torcedor colorado que fez questão de desembolsar R$ 1 milhão para pagar a cláusula e garantir que ele entrasse em campo.

Muitos vão falar que o Flamengo ganhou a final do Brasileirão por causa disso. O talento de Arrascaeta e Pedro não deveriam ficar em segundo plano. Os cariocas tem o melhor elenco do futebol brasileiro. O problema é que foi produzido pouco durante a temporada. E ver um clube que demitiu Domènec Torrent daquela forma se dar bem no final das contas é maquiavélico.

INTERNACIONAL TORCE POR VACILO DO FLAMENGO NA ÚLTIMA RODADA 

Apesar do triunfo dar vantagem ao Flamengo, o Internacional ainda tem chances de ficar com a taça. Os cariocas têm 71 pontos, com 21 vitórias e saldo positivo de 21 gols. Já o Inter, com 69 pontos, tem o mesmo número de triunfos e saldo maior, com 26 gols.

Ou seja, um empate do Fla contra do São Paulo no Morumbi ainda pode tirar o título do Rio de Janeiro. O jogo entre SPFC e Flamengo está marcado para a próxima quinta-feira (25), às 21h30. No mesmo dia e horário, o Internacional recebe o Corinthians no Beira-Rio.

Previous ArticleNext Article