Em Maringá, no noroeste do estado,  o dono da maior fábrica de carrocerias da região, João Noma, se dedica a criação de  bois da raça japonesa wagyu, onde mantém um plantel em sua fazenda, em Rondônia. Este boi, segundo ele, recebe massagem e ouve música clássica, no Japão. No Brasil não precisa, mas tem, também, um tratamento diferenciado e sua carne é a melhor do mundo.

Veja a entrevista de Ricardo Cougo para o Paraná S/A.

https://youtu.be/0cDGXX2EIOg