O que é Neuromarketing e como aplicar no Marketing digital?

Mercado Binário

O que é Neuromarketing e como aplicar no Marketing digital?

O neuromarketing é a mais nova tendência no campo do marketing. Pode ser caracterizado como a ciência que estuda e analisa a essência dos comportamentos do consumidor. De um modo simples, o neuromarketing é a junção inovadora da Neurociência com o Marketing. O propósito inicial é entender como o cérebro trabalha nas tomadas de decisões e como pode afetar certos comportamentos.

E quando o Marketing Digital entra nessa história?

Desde o início! Afinal, o principal objetivo do marketing digital é captar as necessidades dos consumidores e aplicar as melhores estratégias para criar novos resultados na web (positivos, claro!). Então, uma das formas de captar essas necessidades é entendendo a raiz do comportamento do público-alvo. Para isso, a ciência, ou melhor, o neuromarketing é uma ferramenta essencial para o sucesso nas vendas.

Resumidamente, esse campo de estudo expressa a ideia de que o cérebro atua de forma inconsciente (por reações químicas) e é através de estímulos internos ou externos (sensações, emoções, propagandas, cores) que passamos a decidir algo e ter algum tipo de comportamento.

Por exemplo, quando chega a época da Black Friday e somos impactados com aqueles anúncios e posts IMPERDÍVEIS que realçam a sensação de urgência em comprar algum produto ou serviço. A lógica utilizada é entender que o consumidor está propenso a consumir, e para o cérebro relacionar com a “urgência” da compra é necessário cores fortes, anúncios impactantes, entre outros.


O marketing digital pode se apropriar do neuromarketing em três pontos principais:

1. Inbound Marketing

Como já comentamos, o inbound marketing é essencial para captar novos clientes com o uso de conteúdos relevantes. Para isso, é importantíssimo ter a ideia de que a primeira impressão é a que fica. Ou seja, para atrair a atenção é necessário utilizar as palavras certas para que o cérebro do cliente não se distraia com algo “mais interessante” de ler.

2. Storytelling

O storytelling é uma ferramenta que aguça os sentidos e as emoções de um jeito simples e cativante, contando histórias. É uma estratégia que deve ser associada a marca ou produto e, por isso, mostrar os valores em um storytelling pode auxiliar na hora que o cliente for decidir algo. Sendo assim, o poder de venda é mais efetivo, pois alguma vez ele se “emocionou” com uma história associada à sua marca ou produto.

3. Psicologia das Cores

O exemplo da Black Friday é um deles. A psicologia das cores é essencial para chamar a atenção do consumidor e pode favorecer na hora de mostrar o que você quer dizer ou fazer com que algum sentido seja impulsionado. E quando combinado com a imagem certa, o resultado é ainda melhor.

Esses exemplos mostram o poder da combinação do neuromarketing aplicado ao marketing digital e como pode trazer resultados incríveis para sua empresa. Então, está esperando o que para aplicar essa nova tendência?

Se você gostou deste conteúdo, confira mais sobre Marketing Digital no canal da Mercado Binário. E você, já vendeu hoje? Confira nossos projetos e como podemos te ajudar.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook