Argentina aumenta restrições para voos e passageiros que chegam ao país

Redação

Ezeiza pode ter mais restrições

O governo da Argentina estuda a possibilidade de restringir ainda mais o funcionamento do Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, mais conhecido como Ezeiza, o mais importante do país. Está prevista redução severa de voos e de passageiros que chegam ao país.

As medidas devem entrar em vigor a partir desta sexta-feira, dia 8, em função do aumento dos casos de covid-19 na Argentina. O fechamento total do aeroporto já havia sido pedido há alguns dias pelo Ministério da Saúde.

O Aeroporto de Ezeiza terá limitação de voos e circulação de cidadãos, argentinos e residentes, já que a entrada de estrangeiros não está permitida atualmente no país.

O critério do governo é evitar a entrada de pessoas contaminadas, principalmente com novas cepas do vírus.

 

Leia a notícia completa no Blog Nuestra América.

 

Leia também: Covid-19: Brasil quebra a marca de 200 mil mortes

Previous ArticleNext Article