Argentina tem novas medidas sanitárias para quem chega do exterior

Redação

Covid-19 Argentina novas medidas sanitárias

O governo da Argentina definiu nesta sexta-feira (31) novas medidas de controle sanitário para tentar conter a pandemia de covid-19 no país. E agora, determinou que as companhias aéreas garantam o cumprimento das novas exigências.

Segundo o despacho do governo, serão as “operadoras”, ou seja, as empresas de transporte de passageiros que, “sem exceção”, devem “verificar” se o passageiro cumpre todas as medidas de saúde antes do embarque. As informações foram veiculadas pela agência Télam.

Assim, as empresas devem verificar se os passageiros têm a declaração juramentada de migração, o teste PCR negativo realizado no país de origem nas 72 horas anteriores ao início da viagem ou o atestado de alta médica emitido nos 90 dias anteriores ao início da viagem e PCR positivo que comprove ter sofrido a doença no período correspondente à respectiva alta médica.

Também devem verificar se o passageiro atesta ter completado o esquema de vacinação pelo menos 14 dias antes de entrar no país e o seguro saúde Covid-19, com cobertura de serviços de internação, isolamento ou transferências.

Os viajantes, depois que estiverem na Argentina, devem portar, durante 14 dias, a documentação que comprova o cumprimento dos requisitos sanitários.

No caso dos cruzeiros, se ocorrer um surto, todo o navio ficará em quarentena,

Na quinta-feira, 30 de dezembro, a Argentina notificou mais de 50 mil casos de coronavírus.

Passaporte sanitário em toda a Argentina

Além disso, a partir deste 1º de janeiro de 2022, o país passou a exigir o passaporte sanitário para qualquer pessoa com 13 anos ou mais que queira participar de atividades como ir a discotecas, entrar em salões de festas, fazer viagens em grupo e participar de eventos de massa em espaços abertos, fechados ou ao ar livre.

O passaporte é concedido após a “vacinação completa” no esquema de duas doses com intervalo de 14 dias ou mais da última aplicada; ou nos casos de dose única, como a vacina Cansino, após 14 dias.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="814543" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]