Covid-19: Paraná alcança 65% da população vacinada com duas doses

Redação

vacina, coronavírus, covid-19, paraná, campanha de vacinação, imunização

O Paraná alcançou nesta semana a marca de 14 milhões de vacinas contra a covid-19 aplicadas em toda a população. Segundo dados do Localiza SUS, mais de 5,7 milhões de pessoas concluíram o esquema vacinal com duas doses ou a vacina de dose única.

O número representa 65% da população adulta, que até pouco tempo era a única elegível para receber os imunizantes. Considerando apenas a primeira dose, são 8,3 milhões de pessoas vacinadas, o que corresponde a 95% das pessoas com mais de 18 anos.

“Cada vacina aplicada é motivo de alegria para todos nós. Estamos vencendo batalhas, mas ainda não ganhamos a guerra”, afirmou o secretário de Estado da Saúde do Paraná, Beto Preto.

“Precisamos manter os cuidados e continuar vacinando, para que em um futuro breve, possamos comemorar o fim desta pandemia”.

VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NO PARANÁ: RESULTADOS

Com o avanço da vacinação contra a covid-19, sobretudo da população completamente imunizada (com duas doses ou a dose única), os principais indicadores da pandemia começaram a recuar.

Setembro foi o mês com menos mortes causadas por complicações do coronavírus desde novembro de 2020. Além disso, o número de pessoas internadas em leitos de UTI e enfermaria diminuíram consideravelmente.

Nesta semana, pela primeira vez no ano, a ocupação dos leitos reservados exclusivamente para pacientes com covid-19 registrou ocupação abaixo de 50%, mesmo com a desativação de várias vagas, que passaram a atender outras ocorrências.

A Secretaria da Saúde do Paraná alerta que os dados positivos só vão se manter com a colaboração da população. O secretário Beto Preto reforça que o pico da imunização só é atingido após a segunda dose, e por isso não pode ser ignorada.

Da mesma forma, aqueles que ainda não receberam a primeira dose devem procurar os postos de saúde o quanto antes.

“Não há dúvidas de que os imunizantes protegem contra a infecção e minimizam o agravamento da covid-19. Essa pequena minoria de menos de 2% que ainda não se vacinou, deve procurar uma unidade de saúde e garantir sua dose”, disse.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="795545" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]