“Quem tiver escolha de não sair de casa, tome essa decisão”, orienta Beto Preto

Redação

Beto Preto confirma caso de variante indiana e pede feriado sem aglomeração no Paraná

Na noite desta terça-feira (25), após publicação do decreto que amplia o toque de recolher no Paraná, o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, pediu para que a população ajude não circulando. O endurecimento das medidas restritivas foi tomado após aumento drástico no número de casos registrados nas últimas semanas.

“Eu quero mais uma vez aproveitar para pedir que a população paranaense nos ajude….nos ajude não circulando. Quem tiver escolha de não sair de casa, tome essa decisão e, principalmente, que nós possamos estar juntos passando por mais esse momento difícil”, pediu Beto Preto.

A Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) justificou o endurecimento das medidas devido a taxa de transmissão da Covid-19 no Paraná estar em 1,14, maior índice estadual em todo país, segundo o portal Loft.Science.

Além disso, desde o início do ano a lotação dos leitos de UTI/SUS, exclusivos para pacientes infectados pelo novo coronavírus, estão acima dos 90% no Estado. Hoje, mais de mil pacientes estão aguardando em unidades básicas de saúde por um leito de terapia intensiva e enfermaria em hospitais.

Somente no mês de maio, o Paraná soma 101.262 casos e 2.265 óbitos em decorrência da doença, representando 11,2% e 13,4% dos registros totais, respectivamente.

De acordo com o último boletim, de ontem, foram confirmadas 101 mortes e 5.308 novos casos da Covid-19. No total, o Estado acumula 1.061.876 casos confirmados e 25.519 mortes por complicações da doença.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="766264" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]