Covid-19: Paraná revisa dados da pandemia, encontra 35 mil casos novos e passa RJ

Angelo Sfair

coronavírus no paraná, mortes, morte, óbito, óbitos, casos confirmados, boletim, informe epidemiológico, sesa, secretaria estadual da saúde, coronavírus, covid-19

Nas últimas 48 horas, o Paraná registrou mais de 35 mil casos e 400 mortes por covid-19. O número é resultado de um esforço da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) para revisar os dados da pandemia e encontrar casos represados.

Conforme a pasta, somente nesta quinta-feira (7), foram confirmados 3.045 diagnósticos positivos e 27 mortes. A secretaria estadual alegou um problema no sistema para justificar o atraso na divulgação. Os número de hoje (8) ainda não estão disponíveis.

Além disso, foram inseridos 31.425 casos e 377 óbitos retroativos de março de 2020 a janeiro de 2021. Assim, o Paraná agora acumula 459.658 diagnósticos e 8.556 mortes por complicações da covid-19.

O indicador corrigido coloca o Paraná na 6ª colocação do ranking de casos confirmados por estado, conforme o sistema SUS Analítico, vinculado ao Ministério da Saúde. O Estado agora aparece na frente do Rio de Janeiro, que acumula 454 mil diagnósticos.

DEMANDA POR UTI AUMENTA NO PARANÁ

Conforme o boletim do coronavírus atualizado hoje (8), que analisa os dados até ontem (7), o Paraná tem 1.365 pacientes com covid-19 internados em hospitais da rede pública e privada. Destes, 716 (52%) ocupam leitos de UTI.

Além disso, outros 1.187 pacientes com quadros respiratórios estão internados nas enfermarias e unidades de terapia intensiva do Estado, mas são considerados casos suspeitos porque não fizeram ou ainda aguardam o resultado dos exames.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI dos SUS exclusivos para covid-19 é de 77%. O pior indicador é registrado na região leste, onde 81% dos leitos reservados para o atendimento da pandemia estão indisponíveis.

Levantamento do Paraná Portal indica que a demanda por UTI aumentou sensivelmente no Paraná nos últimos dois meses.

“Em janeiro, tudo indica, pelas práticas que a gente viu nas festas de final de ano, que teremos uma continuidade desse crescimento, com muitos casos positivo”, afirmou Pedro Ribeiro Barbosa, diretor-presidente do IBMP (Instituto de Biologia Molecular do Paraná).

COVID-19: NOVAS MORTES

O boletim do coronavírus atualizado pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) incluiu 27 mortes aos registros oficiais da covid-19 entre quarta (6) e quinta-feira (7). As vítimas eram 14 homens e 13 mulheres, com idades entre 49 e 91 anos.

Mesmo com o alegado esforço para revisar os dados represados, as autoridades da Saúde do Paraná e de Curitiba continuam enfrentando dificuldades para compartilhar os dados. Novamente, o boletim estadual não consolidou os números da capital.

Não houve inclusões de óbitos de Curitiba, embora a SMS (Secretaria Municipal da Saúde) tenha confirmado 19 óbitos na quinta-feira (7) e mais 17 óbitos hoje (18).

As 27 mortes registradas no boletim da Sesa são de pacientes que viviam em Foz do Iguaçu (3), Campo Largo (2), Pato Branco (2), São Jorge D’Oeste (2), Arapongas, Boa Vista da Aparecida, Campina Grande do Sul, Carambeí, Carlópolis, Contenda, Engenheiro Beltrão, Guarapuava, Icaraíma, Itaperuçu, Maringá, Paranapoema, Piraí do Sul, Pitanga, Quedas do Iguaçu, Sana Helena, Toledo e Ventania.

+ Confira os dados completos da covid-19 no Paraná (07/01/2020)

Previous ArticleNext Article