Coronavírus
Compartilhar

Campanha da Santa Casa de Irati valoriza profissionais da linha de frente da Covid-19

Pensando em dar nome e rosto para os heróis que trabalham dia e noite no combate a Covid-19, a Santa Casa de Irati, nos ..

Mirian Villa - 11 de abril de 2021, 08:00

Karina Ramilo de Jesus é coordenadora do grupo de humanização da Santa Casa e fonoaudióloga
Karina Ramilo de Jesus é coordenadora do grupo de humanização da Santa Casa e fonoaudióloga

Pensando em dar nome e rosto para os heróis que trabalham dia e noite no combate a Covid-19, a Santa Casa de Irati, nos Campos Gerais do Paraná, usou a tecnologia para apresentar esses profissionais à comunidade.

Todos os dias, pelo menos um trabalhador aparece no Facebook do hospital através da campanha "Você sabia que nossos heróis não são máquinas? Eles são humanos". Em fotos com a família, os profissionais se apresentam e recebem muito incentivo dos internautas.

De acordo com uma pesquisa do CFM (Conselho Federal de Medicina), realizada entre setembro e dezembro de 2020, 96% dos profissionais da saúde relataram que a pandemia do coronavírus afetou sua vida pessoal ou profissional.

Além disso, lidar com um vírus desconhecido provocou sensação de medo ou pânico em 14,6% , assim como redução do tempo dedicado a família (14,5%). Segundo o CFM, esses fatores podem ter consequências no bem-estar dos trabalhadores.

Por isso, a ação da Santa Casa de Irati de valorizar os profissionais é tão importante, já que pequenas ações trazem mais esperança e alegria para o dia a dia que é tão difícil desde março de 2020.

"São esses pequenos detalhes e reconhecimentos que injetam um pouco de fôlego e ânimo. Acredito que são essas ações que fazem diferença e trazem mais esperança e alegria", explicou Karina de Jesus, que é coordenadora do grupo de humanização da Santa Casa de Irati e fonoaudióloga.

Veja abaixo uma das postagens da campanha de valorização do Hospital Santa Casa de Irati!

A ideia da campanha partiu de uma conversa conjunta do grupo de humanização com a comunicação da Santa Casa. Após pedir autorização para a administração, Karina conversa com os profissionais e recolhe informações e fotos para publicar na rede social.

"Representa a vitória e o esforço deles também. A campanha é importante não só para a equipe, mas como uma ponte de conscientização da população, porque muitos esquecem que a gente têm uma família, que a gente corre riscos. É uma forma de lembrar que eles são pessoais normais que decidiram cuidar da vida do outro", explica.

A Santa Casa de Irati tem 320 funcionários e conta com 12 leitos UTI Covid-19 e 12 enfermarias destinadas exclusivamente aos infectados pelo vírus. Ela atende pacientes de Irati e de outras regiões do Paraná também.

"Nossos funcionários estão se entregando de vida e alma faz mais de um ano. Por isso, esse trabalho

 

Além do trabalho de valorização dos profissionais da saúde, outro ponto que chama atenção nas redes sociais do hospital são fotos e vídeos dos pacientes infectados pela Covid-19 que recebem alta.

O momento de comemoração também é uma forma de conscientização por parte da Santa Casa, já que relatos de festas clandestinas e aglomerações são frequentes.

"As pessoas estão negando a existência de um problema sério, por isso, mostrar as pessoas deixam o hospital com vida é importante, porque elas venceram o "bicho que é invisível". Esses pacientes que sobrevivram são exemplos de pessoas, cada paciente que deixa a Santa Casa é mais uma medalha, é resultado do nosso trabalho", finaliza Neto.