Coronavírus
Compartilhar

Casal que esteve em voo com casos da ômicron foge de quarentena e é preso

Um casal foi preso pela polícia holandesa ao tentar fugir de um hotel onde estavam em quarentena. Um deles apresentou re..

Folhapress - 29 de novembro de 2021, 10:33

Célula infectada pelo vírus SARS-COV-2 (NIAID)
Célula infectada pelo vírus SARS-COV-2 (NIAID)

Um casal foi preso pela polícia holandesa ao tentar fugir de um hotel onde estavam em quarentena. Um deles apresentou resultado positivo para Covid-19 ao desembarcar em Amsterdã no final de semana em um voo vindo da África do Sul. Outros 60 passageiros testaram positivo, sendo 13 com a nova variane, ômicron.

O espanhol e a portuguesa foram presos quando já estavam dentro de um avião, no aeroporto Schiphol, que viajaria para a Espanha, na noite de ontem. Segundo um porta-voz da polícia, o casal foi retirado do voo "sem resistência".

O casal, que não foi identificado, teria saído do hotel por volta das 18h do domingo, quando os seguranças que supervisionavam a quarentena chamaram a polícia. Mais detalhes sobre o estado de saúde do casal não foram divulgados.

Um total de 624 passageiros chegaram a Schiphol em voos vindos de Joanesburgo e Cidade do Cabo na manhã de sexta-feira, pela companhia aérea holandesa KLM.

Durante quatro horas todos os passageiros foram submetidos a testes de covid devido à descoberta da nova variante. 61 passageiros testaram positivo e foram colocados em quarentena em um hotel perto do aeroporto junto com seus parceiros. Desse total, 13 foram diagnosticados com o ômicron.