Colombo recua de flexibilização e não permite reabertura do comércio

Redação


O município de Colombo recuou da determinação de reabertura do comércio nesta quinta-feira (18). A decisão vem de outro recuo, relacionado ao atual decreto, que colocou a cidade da Região Metropolitana de Curitiba em lockdown durante a semana. O Ministério Público do Paraná já havia recomendado que o município deveria seguir medidas restritivas para evitar a propagação do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

O MP citou, ainda, a necessidade das autoridades darem continuidade à fiscalização do cumprimento das regras, o momento difícil da pandemia da Covid-19 e o fato de Curitiba, cidade vizinha, também estar em lockdown, o que causaria efeitos por causa da intensa movimentação de pessoas entre os dois municípios, inclusive com o uso do transporte coletivo. Segundo o documento, “o avanço exponencial da contaminação pelo novo coronavírus tem acarretado muitas vítimas de Covid-19 por toda a comunidade”.

comunicado Colombo
Comunicado do município que mantém a cidade em lockdown. (Foto: Divulgação)

 

Entidades como o Conselho Regional de Medicina (CRM), o Conselho Regional de Enfermagem (Coren) e a Associação dos Municípios do Paraná (AMP), alertaram, também, sobre o capacidade de atendimento estar esgotada, por causa da estrutura comprometida e das equipes hospitalares destinadas ao tratamento da Covid-19.

Além disso, a prefeitura da cidade já havia requisitado medicamentos para a sedação de pacientes em estado crítico para clínicas particulares, pois a compra estava dificultada.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="752209" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]