Butantan suspende produção da vacina Coronavac por falta de insumos

Redação e Do UOL

Butantan entrega vacina a contra a covid-19 ao Ministério da Saúde

O Instituto Butantan suspendeu na noite desta quarta-feira (7) a produção da vacina CoronaVac, por falta de insumos. A produção do imunizante foi temporariamente paralisada após atraso na entrega da matéria-prima, vinda da China.

Um novo carregamento do chamado “IFA” (Insumo Farmacêutico Ativo) tinha entrega prevista para a próxima sexta-feira (9), mas o prazo foi postergado para a próxima semana. 

Segundo o Butantan, o atraso na entrega do insumo não deverá atrapalhar o cronograma de entrega das doses ao PNI (Plano Nacional de Vacinação), do Ministério da Saúde.

“A chegada estava prevista para essa semana, houve atraso e estamos aguardando para a próxima semana. Estamos trabalhando a todo vapor para o que cronograma seja mantido e até adiantado. Nosso pedido é que haja aumento de volume e até adiantar entregas”, afirma Dimas Covas, diretor do instituto.

O instituto informou em nota que o material já foi envasado e que negocia a liberação junto ao governo chinês. “Todas as doses provenientes do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) recebido da China já foram envasadas. Neste momento, cerca de 2,5 milhões de vacinas encontram-se em processo de inspeção de controle de qualidade – parte integrante do processo produtivo – para serem entregues na semana que vem ao Programa Nacional de Imunizações”, disse o Butantan.

Desde janeiro, o Butantan já entregou 38,2 milhões de doses da CoronaVac ao Governo Federal. Em janeiro, foram entregues 8,7 milhões de doses da CoronaVac ao PNI; em fevereiro, foram 4,8 milhões; em março, 22,7 milhões; e em abril, até o momento, 2 milhões de doses.

O mais recente lote, com 1 milhão de doses, foi entregue pelo instituto ao Ministério da Saúde na manhã desta quarta-feira. O volume faz parte do primeiro contrato firmado para a produção de 46 milhões de doses, que será finalizado até o 30 desse mês. Os envios do segundo contrato, para a produção de 54 milhões de doses, serão feitos até 30/8 – totalizando 100 milhões de doses.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="756263" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]