Coronavírus
Compartilhar

Covid-19: abril tem o menor número de mortes em dois anos no PR

Desde abril de 2020 não eram contabilizados menos de 100 de óbitos em um período de 30 dias nos boletins da Sesa.

Redação - 02 de maio de 2022, 16:30

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)
(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O mês de abril de 2022 teve o menor número de mortes por Covid-19 no estado num intervalo de dois anos. Foram 84 óbitos registrados. Desde abril de 2020 não eram contabilizados menos de 100 de óbitos em um período de 30 dias nos boletins da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná).

O número é quase 80% menor se comparado a março deste ano, quando foram registradas 400 mortes pela doença no estado.

O número de diagnósticos positivos da doença apresentaram queda de 53% no último mês. De acordo com os registros, abril somou 25.438 casos confirmados. Em março, foram 54.835.

O número de pacientes internados com suspeita ou confirmação da Covid-19 no também reduziu. Em 31 de março, eram 307 pessoas. No final de abril, foram 102. Uma redução de quase 67% no período.

VACINAÇÃO É A CAUSA DA QUEDA DOS NÚMEROS DA COVID-19

A vacinação é a causa da queda dos números da pandemia da Covid-19 no Paraná. De acordo com dados do Vacinômetro Nacional, o Paraná soma 24.536.556 doses aplicadas de imunizantes contra a doença, divididos da seguinte maneira:

  • 9.963.875 primeiras doses (D1)
  • 9.001.022 segundas aplicações (D2)
  • 333.976 doses únicas (DU)
  • 4.688.495 doses de reforço (DR)
  • 229.071 quartas doses ou 2ª doses de reforço
  • 320.117 doses adicionais (DA).

Atualmente, cerca de 11,5 milhões de pessoas, que correspondem a 85,9% da população do estado, tomaram a primeira dose da vacina. 80,4% estão imunizadas com duas doses ou a dose única e 40,4% receberam a primeira dose de reforço.

"Só venceremos essa pandemia com a colaboração e conscientização dos paranaenses em manter a imunização em dia, seja com a segunda dose, dose de reforço ou a quarta dose”, afirmou o secretário de estado da Saúde, César Neves.