Coronavírus
Compartilhar

Covid-19: Paraná confirma 51 mortes e 14,3 mil novos casos

A taxa de ocupação dos leitos de UTI do SUS exclusivos para Covid-19 é de 69% nesta terça-feira. Atualmente, o Paraná dispõe de 714 unidades de terapia intensiva dedicadas ao tratamento da doença.

Redação - 15 de fevereiro de 2022, 16:17

Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O Paraná registrou 51 mortes e 14.330 novos casos pela covid-19, de acordo com boletim divulgado nesta terça-feira (15) pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

Os dados acumulados do monitoramento da doença indicam que o estado soma agora 2.205.516 diagnósticos positivos e 41.606 óbitos pelo vírus, desde o início da pandemia.

Segundo o levantamento da Sesa, 162 paranaenses que testaram positivo para a covid-19 estão internados em hospitais do estado. Destes, 71 ocupam leitos de UTI e 91 estão sendo atendidos em leitos de enfermaria.

Ainda conforme a secretaria, outros 1.219 pacientes também estão internados no Paraná, com suspeita de terem contraído a doença. Eles aguardam resultados de exames.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI do SUS exclusivos para Covid-19 é de 69% nesta terça-feira. Atualmente, o Paraná dispõe de 714 unidades de terapia intensiva ativas e dedicadas ao tratamento da doença.

De acordo com a Sesa, 1.738.927 pacientes foram liberados do tratamento e são considerados recuperados. O número representa 78,84% do total de infectados. A taxa de letalidade da covid-19 no estado é de 1,89%.

Imunização dos paranaenses

Desde o início da campanha de vacinação até hoje, 9.800.445 paranaenses foram vacinados. Ao todo, pouco mais de 21 milhões de doses foram administradas.

O Ministério da Saúde já enviou à Sesa 24.049.800 doses do imunizante anticovid, somadas as vacinas da Pfizer, para adultos e a pediátrica, Coronavac, Astrazeneca e a da Janssen. 

Novas mortes pela Covid-19 no Paraná

O boletim epidemiológico desta terça (15) da Secretaria Estadual da Saúde confirma a morte de 51 pessoas no estado. São 26 mulheres e 25 homens, com idades que variam de 47 a 99 anos.

Os óbitos em grande maioria são retroativos, conforme a Sesa, e ocorreram entre 24 de janeiro e hoje.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Londrina (8), Maringá (4), Sarandi (3), Santa Terezinha de Itaipu (3), Foz do Iguaçu (3), São José dos Pinhais (2), Pinhais (2), Paranaguá (2), Mandaguari (2) e Bandeirantes (2).

A Sesa registrou ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: São Mateus do Sul, São Jorge do Patrocínio, Santa Mariana, Pérola d'Oeste, Nova Esperança, Moreira Sales, Ivaí, Francisco Beltrão, Curitiba, Coronel Vivida, Congonhinhas, Colombo, Carambeí, Cambira, Astorga, Assis Chateaubriand, Arapongas, Apucarana, Ampére e Adrianópolis.