Covid: Curitiba volta a ter 100% das UTIs ocupadas; mortes chegam a 3,5 mil

Redação

covid em curitiba chega a 3,5 mil mortes e tem 100% das UTIs ocupadas

De acordo com o boletim deste domingo (21) da Secretaria Municipal da Saúde, Curitiba registrou  824 novos casos de covid-19 e 38 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. Com isso, a cidade já registrou 3,503 mortes pela pandemia, desde março do ano passado. A taxa de ocupação de leitos de UTI voltou a ficar em 100%.

Do total de óbitos apresentados neste último boletim, 28 mortes ocorreram nas últimas 48 horas.

As novas vítimas referem-se a pacientes com idades entre 32 e 87 anos, sendo 27 homens e 11 mulheres.

 

Com os novos casos, Curitiba chega a mais de 164 mil casos registrados de covid

Com os novos casos confirmados, são 164.499 moradores de Curitiba que testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 146.893 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

Atualmente são 13.534 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

 

Números da covid-19 em 21 de março

  • 824 novos casos
  • 38 óbitos novos (28 nas últimas 48h)

 

Números totais:

  • Confirmados – 164.499
  • Casos ativos – 13.534
  • Recuperados – 147.462
  • Óbitos – 3.503

Vacinação agora será para idosos de 75 anos

A partir desta segunda-feira, Curitiba começa a vacinar o grupo de idosos com 75 anos completos.

Na própria segunda, vão ser vacinadas com a primeira dose pessoas com 75 anos completos nascidas entre 1º de janeiro e 30 de junho. Na terça-feira,  serão imunizados idosos com 75 anos completos nascidos entre 1º de julho e 31 de dezembro.

Para esse grupo não haverá agendamento. A Secretaria Municipal da Saúde orienta que para tomar vacina é necessário que os familiares dos idosos incluídos nesta etapa se dirijam aos pontos de vacinação.

A recomendação para receber a vacina é que o idoso esteja com um acompanhante e leve documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência com endereço de Curitiba para quem não tiver o cadastro na plataforma Saúde Já.

 

Leia também: Butantan já entregou 24,6 milhões de doses da coronavac ao Ministério da Saúde

Previous ArticleNext Article