HC de Curitiba seleciona voluntários para testar possível remédio contra covid-19

Redação

remédio, medicamento, teste, teste clínico, antiviral, covid, covid-19, coronavírus, hc, hc de curitiba, hospital de clínicas, ufpr

O HC (Hospital de Clínicas) de Curitiba, vinculado à UFPR (Universidade Federal do Paraná), procura voluntários para testar um remédio antiviral que pode ser indicado para o tratamento da covid-19.

Nos testes preliminares deste estudo clínico internacional, o medicamento revelou índices satisfatórios de segurança e eficácia. No entanto, novas etapas de investigação são necessárias para validar o tratamento.

Por isso, o Complexo HC de Curitiba seleciona voluntários com um perfil específico para testar o remédio. Veja os critérios:

  • Diagnóstico da covid-19 nos últimos quatro dias
  • Exame do tipo RT-PCR ou teste rápido feito até cinco dias a partir do início dos sintomas
  • Não ter recebido nenhuma dose da vacina
  • Apresentar, pelo menos, um fator de risco (entre eles: ter mais do que 60 anos, obesidade, doença renal crônica, diabetes, problemas cardíacos graves, doença pulmonar obstrutiva crônica ou câncer ativo)

Interessados em testar o remédio que cumprem todos os requisitos devem entrar em contato com o HC de Curitiba pelo telefone (41) 99116-0066. A linha funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana, e também está disponível no WhatsApp.

COVID-19 AINDA NÃO TEM REMÉDIO

Desde o início da pandemia do coronavírus, pesquisadores, médicos e cientistas procuraram uma solução para a crise sanitária. Apesar de já termos várias vacinas à disposição contra a covid-19, ainda não existe um remédio eficaz para combater a doença.

Enquanto as vacinas se apresentam como a melhor solução para controlar a epidemia e impedir que pacientes eventualmente infectados evoluam para quadros graves, não foram descobertos medicamentos que auxiliam no tratamento dos doentes.

Nos últimos meses, vários remédios promissores foram testados contra a covid-19. Entre eles, o remdesivir, que apresentou bons resultados nos ensaios preliminares, mas fracassou nos testes clínicos.

Para aferir a eficácia de um possível remédio contra a covid-19, pesquisadores precisam definir um grupo de controle e comparar os resultados entre aqueles que foram submetidos à droga e aqueles que receberam o placebo.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="768787" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]