Homem sem máscara é preso e afirma que vírus era uma invenção

Redação

homem sem máscara, terminal, terminal boqueirão, preso, detido, sem máscara, máscara, covid, covid-19, coronavírus, pandemia, decrisa, polícia, polícia civil, pcpr

Um homem de 33 anos foi detido hoje (23) pela Guarda Municipal no momento em que circulava sem máscara no Terminal Boqueirão, um dos mais movimentados da cidade, na região sul de Curitiba.

O uso de máscara é obrigatório em todos os espaços de utilização coletiva, como terminais e ônibus. A falta dela, ou o uso incorreto, pode levar à multa e detenção.

Os guardas municipais passavam pela Avenida Marechal Floriano Peixoto, em direção ao Parque Náutico, quando foram acionados por um fiscal da Urbs. Anteriormente, o homem já havia sido alertado para usar a máscara, mas ignorou as orientações.

“Eles relataram que, na plataforma, estava um indivíduo sem máscara e que havia se recusado a colocá-la para entrar no ônibus. Falou ainda que ‘o vírus era uma invenção’”, conta o guarda Carlos Leão.

O homem sem máscara, ao avistar a Guarda Municipal, ainda tentou se esconder no banheiro, mas foi detido. Durante a revista, uma máscara de proteção foi encontrada no bolso dele. Mesmo assim, ele negou-se a colocar o equipamento.

Conduzido à Decrisa (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Saúde), o homem sem máscara foi autuado por desobediência, crime contra a administração pública (coronavírus), infração de medida sanitária preventiva e crime contra a incolumidade pública.

Ele deverá participar de uma audiência na 1ª Vara Descentralizada do Boqueirão no dia 31 de maio.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="747017" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]