Coronavírus
Compartilhar

Janssen: Paraná recebe primeiro lote para 2ª dose nesta quarta-feira

O primeiro lote para a aplicação da segunda dose da vacina da Janssen contra o coronavírus chega ao Paraná nesta quarta-..

Redação - 07 de dezembro de 2021, 15:30

Américo Antonio/Sesa
Américo Antonio/Sesa

O primeiro lote para a aplicação da segunda dose da vacina da Janssen contra o coronavírus chega ao Paraná nesta quarta-feira (8). De acordo com Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), o Ministério da Saúde vai enviar 132.050 doses.

De acordo com o Informe Técnico, as doses devem ser destinadas para reforço da população de fronteira internacional (91.150), população de rua (9.550) e parte da população adulta, acima de 18 anos (31.350).

Conforme a previsão de envio, as 132 mil doses de vacinas da Janssen chegam ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 13h50. Além disso, serão enviadas 107.640 doses da farmacêutica norte-americana Pfizer.

Ao todo, o lote contará com 239.690 vacinas contra o coronavírus. De lá, os imunizantes serão enviados ao Cemepar (Centro de Medicamentos do Paraná), em Curitiba, para registro e armazenamento. Posteriormente, são distribuídos às regionais.

DOSE DE REFORÇO DA JANSSEN

A vacina da Janssen contra o coronavírus, originalmente desenvolvida para ser aplicada em dose única, teve o registro emergencial de uso aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no dia 1° de abril de 2021.

No mês passado, a Nota Técnica nº 61/2021 recomendou a aplicação da dose reforço – neste caso a segunda dose – às pessoas que tenham tinham o imunizante Janssen no intervalo mínimo de dois meses, podendo chegar até seis meses.

A terceira dose, conforme orientação do Ministério da Saúde, deve ser aplicada cinco meses após a conclusão do ciclo vacinal com duas doses. O reforço é aplicado com imunizantes da Pfizer.