Paraná deve comprar vacina da Pfizer no 2° semestre, anuncia secretário

Vanessa Fernandes - CBN Curitiba

Paraná deve comprar vacina da Pfizer no 2° semestre, anuncia secretário

Mesmo com a perspectiva da chegada de novas doses da vacina contra a Covid-19 e a ampliação dos grupos que devem ser vacinados dentro do Plano Nacional de Imunização, o governo do Paraná permanece em tratativas com os laboratórios para compra direta dos imunizantes, assim que for autorizado pelo Ministério da Saúde.

Em entrevista ao CBN Curitiba edição da tarde desta segunda-feira (14) o secretário chefe da Casa Civil Guto Silva lembrou que no início da pandemia, o governo se antecipou e através de um projeto de lei previu uma reserva de recursos para a compra de vacinas.

“Eles começam a desconcentrar um pouco as compras, os laboratórios começam a finalizar possíveis comprar futuras com excedente de estoque. Por isso, nós estamos dialogando. O próprio estado do Paraná, através do consórcio de saúde, já pedimos vacinas de formas independentes para todas as empresas”, explicou.

Segundo Silva as conversas para futuras negociações estão sendo mantidas com todos os laboratórios que fabricam o imunizante.

“Entretanto, continuamos conversando e dialogando com outras empresas, mas ainda o modelo está muito concentrado na questão da escala, do preço médio com o governo federal. Mas nós não podemos esperar as questões ocorrerem para buscar alternativas, então, a decisão foi deixar tudo pronto para caso tivesse uma oportunidade, o estado do Paraná estaria pronto”, argumentou.

O secretário chefe da Casa Civil disse ainda que entre as tratativas com os laboratórios, a que está mais adiantada para uma possível compra direta, é a do Laboratório Pfizer, com o qual tem uma reunião na próxima semana.

“É uma finalização de uma possível compra a partir do segundo semestre para de iniciar as compras por parte dos estados, então nós seguimos conversando e a partir do momento que tiver estoque disponível, o Paraná estará pronto para fazer”, finalizou.

Paraná conta atualmente com a distribuição de três imunizantes: AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, CoronaVac/Butantan e Pfizer/BioNTech. Para esta semana, é esperada no Estado a chegada de um quarto medicamento: a vacina Janssen, fabricada pelo braço farmacêutico da Johnson & Johnson. Todos os imunizantes são adquiridos e distribuídos pelo Ministério da Saúde.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="770112" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]