Coronavírus
Compartilhar

Paraná distribui mais 289 mil vacinas contra a Covid-19 e Influenza

Remessa conta com imunizantes destinados à segunda dose, dose de reforço e pediátricas contra a covid-19, além de vacinas contra a gripe.

Redação - 19 de abril de 2022, 11:53

Foto: Albari Rosa/Sesa
Foto: Albari Rosa/Sesa

O Paraná vai distribuir, nesta terça-feira (19), 17.452 imunizantes contra a Covid-19 e 272.300 vacinas para a campanha de Influenza, totalizando 289.752 doses.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a remessa de imunizantes contra a Covid-19 tem vacinas para segunda dose (D2) e dose de reforço da Pfizer/BioNTech (adulto e pediátrica) e CoronaVac (pediátrica). Para o público infantil, são 8.560 doses da Pfizer para D2 e 30 vacinas CoronaVac para a 22ª Regional de Ivaiporã.

Além dessas, outras 8.862 Pfizer estão sendo distribuídas, sendo 7.296 para a aplicação da segunda dose da população a partir de 12 anos de idade e 1.566 para a dose de reforço das pessoas acima de 18 anos.

“Com a mudança da temperatura, com a chegada do outono, a imunização tanto contra a Covid-19 quanto contra a Influenza tornam-se ainda mais essenciais e importantes. Ambientes fechados e baixas temperaturas aumentam risco de transmissão dos vírus respiratórios”, ressaltou o secretário de Estado de Saúde, César Neves. "Diante disso, recomendamos que a população procure uma unidade de saúde para garantir a proteção", completa.

VACINA CONTRA A GRIPE INFLUENZA

A vacina trivalente contra Influenza utilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é produzida pelo Instituto Butantan e todos os anos passa por atualização para que a dose seja efetiva na proteção contra as novas cepas do vírus identificadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Nesta campanha, a imunização protegerá contra os subtipos da Influenza A (H1N1 e H3N2) e um subtipo da Influenza B.

Este ano a campanha é dividida em duas etapas. A primeira, que deve seguir até 2 de maio, abrange idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde.

Depois, entre os dias 3 de maio e 3 de junho, serão contemplados os seguintes grupos: crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas, povos indígenas, professores, comorbidades, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento e forças armadas, caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.