Coronavírus
Compartilhar

Paraná não exigirá receita médica para vacinação de crianças contra Covid-19

O Paraná não deve exigir documentação como receita médica para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19...

Leonardo Gomes - BandNews FM Curitiba - 27 de dezembro de 2021, 10:22

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Paraná não deve exigir documentação como receita médica para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) em alinhamento ao Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass) que publicou uma carta endereçada às crianças dispensando a exigência de receita médica. Os posicionamentos surgem diante de manifestações do Ministério da Saúde. A notícia é da BandNews FM Curitiba.

Na última semana, o chefe da pasta, Marcelo Queiroga, disse que a recomendação é que as crianças de 5 a 11 anos sejam vacinadas desde que haja prescrição médica e assinatura de termo de consentimento pelos pais. Conforme a Sesa, o diálogo deve ser mantido com o Governo Federal e espera que a União reveja a posição.

Anvisa autorizou vacinação de crianças. Ministro falou em receita médica

Desde que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a aplicação da vacina em crianças, o ministro Queiroga tem feito diversas manifestações onde coloca em  xeque o aval da agência. Na última semana, o chefe da pasta chegou a afirmar que a autorização não é suficiente para iniciar a vacinação e que aguarda o envio de um dossiê completo da agência. Em resposta ao Ministério, a Anvisa disse que não recebeu pedido formal de pareceres e que esse envio “não é requisito legal, ou mesmo praxe”. A Anvisa também divulgou publicamente o parecer técnico completo sobre o tema.