Coronavírus
Compartilhar

Após aval do Ministério da Saúde, Paraná libera vacinação de crianças acima de 3 anos

Crianças de 3 e 4 anos devem ser imunizadas com duas doses de CoronaVac, com um intervalo de aplicação de 28 dias

Redação - 19 de julho de 2022, 19:20

Arquivo/Gilson Abreu/AEN
Arquivo/Gilson Abreu/AEN

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná liberou, nesta terça-feira (19), a vacinação de crianças de 3 e 4 anos contra o coronavírus. A medida foi adotada após encaminhamento, pelo Ministério da Saúde, de uma nota técnica que orienta o uso da CoronaVac neste público-alvo.

O documento do governo federal recomenda que o início da vacinação aconteça de forma gradual para todas as crianças, iniciando pelas imunocomprometidas, seguida posteriormente pela imunização de maneira decrescente.

O intervalo de aplicação entre as duas doses deve ser de 28 dias.

Crianças de 3 e 4 anos devem ser vacinadas com a CoronaVac, conforme autorização do uso do imunizante pela Anvisa. Crianças acima de 5 anos devem ser imunizadas com a vacina Pfizer, nos esquemas já recomendados, conforme a Nota Técnica.

A aplicação nesse público foi liberada para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária após a comprovação da eficácia dos estudos preliminares.

Para crianças de 3 anos ou mais, a vacina CoronaVac começou a ser utilizada em diferentes partes do mundo em 2021. Entre os países que aprovaram a sua utilização para o público infantil estão China, Hong Kong, Indonésia, Chile, Equador, Camboja e Colômbia.

Os municípios do Paraná têm cerca de 290 mil doses em estoque. A orientação é para que estados e municípios façam a gestão dos quantitativos disponíveis dessa vacina em seus estoques, com o intuito de garantir a segunda dose com o intervalo de 28 dias, até que os estoques sejam restabelecidos pelo Ministério da Saúde.