Coronavírus
Compartilhar

Pfizer projeta 1 milhão de doses de vacina por dia até 1º de agosto

A farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com a alemã BioNTech, planeja enviar ao Brasil mais de 13 milhões de ..

Redação - 19 de julho de 2021, 18:58

RIO DE JANEIRO, RJ, 03.03.2021 - VACINA-CORONAVÍRUS - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta terça-feira, 2, que o pretende comprar 20 milhões de doses da vacina da Pfizer e 20 milhões de doses da russa Sputnik V. A gestão paulista pretende usar os dois imunizantes, junto da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, no programa de imunização contra a Covid-19. Na imagem ilustrativa, ampola de vacina Pfizer e seringa com logomarca em tela de fundo. (Foto: Kevin David/A7 Press/Folhapress)
RIO DE JANEIRO, RJ, 03.03.2021 - VACINA-CORONAVÍRUS - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta terça-feira, 2, que o pretende comprar 20 milhões de doses da vacina da Pfizer e 20 milhões de doses da russa Sputnik V. A gestão paulista pretende usar os dois imunizantes, junto da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, no programa de imunização contra a Covid-19. Na imagem ilustrativa, ampola de vacina Pfizer e seringa com logomarca em tela de fundo. (Foto: Kevin David/A7 Press/Folhapress)

A farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com a alemã BioNTech, planeja enviar ao Brasil mais de 13 milhões de doses de vacina contra a covid-19 até o dia 1º de agosto.

São 13 lotes - onze deles com 1.053.000 de doses, um de 842.400 e outro de 889.200 - a serem enviados ao País a partir de amanhã (20) até o início do mês que vem.

Todos os voos partem de Miami, nos Estados Unidos, rumo ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP).

A operação deve se intensificar entre agosto e setembro, quando são projetados os envios de 70 milhões de doses de vacina contra a covid-19. O montante é mais do que o dobro entregue pela Pfizer entre maio e agosto.

PFIZER PROJETA 13 MILHÕES DE DOSES DE VACINA AO BRASIL

  • 23° lote: 20 de julho - 1.053.000
  • 24° lote: 21 de julho - 1.053.000
  • 25° lote: 22 de julho - 1.053.000
  • 26° lote: 23 de julho - 1.003.860
  • 27° lote: 25 de julho - 1.053.000
  • 28° lote: 25 de julho - 1.053.000
  • 29° lote: 27 de julho - 1.053.000
  • 30° lote: 28 de julho - 1.053.000
  • 31° lote: 29 de julho - 1.053.000
  • 32° lote: 29 de julho - 842.400
  • 33° lote: 30 de julho - 889.200
  • 34° lote: 1 de agosto - 1.053.000
  • 35° lote: 1 de agosto - 1.053.000

Segundo a Pfizer, um plano logístico detalhado garante o armazenamento adequado e o monitoramento contínua da temperatura da vacina contra a covid-19 durante o todo o deslocamento dos Estados Unidos ao Brasil.

"Além de toda a estrutura de câmaras frias e ultra freezers instalados nas fábricas, para possibilitar o transporte aos diferentes países, a empresa desenvolveu uma embalagem especial capaz de armazenar a vacina congelada", diz a empresa, em nota.

Armazenada com gelo seco, a Pfizer garante manter a temperatura da vacina contra a covid-19 na temperatura entre -60°C e -90°C.