Prefeito de Cascavel se revolta com fura-fila na vacinação: “não vamos brincar”

Redação

cascavel fura-fila vacinação prefeito paranhos

O prefeito Leonaldo Paranhos (PSC), de Cascavel, na região oeste do Paraná, não poupou críticas ao caso das duas servidoras que foram afastadas por terem furado a fila da vacinação contra a covid-19. O episódio do fura-fila veio a público nesta quinta-feira (28).

“Agora é momento de tomar transparência e evitar que isso se repita. Não vamos brincar. Se for o caso, prisão para quem tenta burlar o plano de vacinação”, afirmou o prefeito.

Segundo Paranhos, as duas não receberão a segunda dose da vacina. Esse foi o primeiro caso registrado no Paraná. Até agora, outros estados, como Amazonas e Rio Grande do Sul, também investigam fura-filas.

As servidoras de Cascavel foram afastadas pela prefeitura, que ainda instaurou processo disciplinar remetido ao Ministério Público do Paraná.

Por fim, o prefeito Leonaldo Paranhos fez um apelo para que a população fique atenta e denuncie qualquer fura-fila. “Vocês que trabalham em hospitais, unidades de saúde e perceberem algo errado, façam uma denúncia. Vamos respeitar! Não se brinca num momento como esse”, finalizou.

Conforme o boletim da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), Cascavel acumula 21.072 casos e 278 mortes por covid-19.

Previous ArticleNext Article