Curitiba pode precisar de mais 350 leitos para idosos, indica painel da Covid-19

Angelo Sfair

covid tem 43 mortes em curitiba. Cidade tem 99% das UTIs ocupadas, brasil

Projeção baseada nos dados fornecidos pela Prefeitura de Curitiba, no Painel Covid-19, indica que a capital pode precisar de mais leitos do que dispõe. Sinais de esgotamento da capacidade de assistência hospitalar já são notados na rede privada.

Na rede pública, mesmo com o remanejamento de leitos e a abertura de novas vagas de UTI exclusivas para Covid-19, a cidade nunca esteve tão próxima de alcançar o limite dos recursos disponíveis.

“Tudo é finito na vida. Vai chegar um momento em que não vamos ter pra onde correr se a sociedade não ajudar”, suplicou a secretária da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (27).

De acordo com o Painel Covid-19, na semana entre 20 e 26 de novembro, Curitiba confirmou 9.414 diagnósticos de coronavírus, para uma média de 1.345 confirmações a cada 24 horas.

Conforme a Prefeitura de Curitiba, desde março, 9,4% dos casos confirmados de coronavírus necessitaram internamento. Ou seja, espelhando o indicador, é possível projetar a necessidade de 884 leitos para atender a demanda semanal.

A projeção não tem 100% de precisão porque não é possível calcular quantos diagnósticos confirmados na semana são de pacientes já internados. No entanto, dimensiona os desafios impostos pela pandemia ao sistema integrado de saúde.

painel covid, curitiba, leitos, leitos de uti, idosos, covid-19, coronavírus, sms, secretaria municipal da saúde, curitiba, prefeitura de curitiba
Casos confirmados por faixa etária entre 11 de março e 26 de novembro (Reprodução/SMS)

PREOCUPAÇÃO COM IDOSOS

Dados do Painel Covid-19 confirmam que a população idosa necessita de mais leitos do que jovens e adultos. A idade é um dos principais fatores de risco para o coronavírus. Em Curitiba, 78% dos 1.678 óbitos confirmados são de pessoas com mais de 60 anos.

Em uma semana, a capital confirmou 1.127 casos novos em pessoas com mais de 60 anos.

Entre idosos de 60 a 69 anos, os casos confirmados passaram de 5.496 para 6.203. Na faixa entre 70 e 79 anos, os diagnósticos registraram aumento de 2.509 para 2.810. Entre idosos com mais de 80 anos, o salto foi de 1.417 para 1.536.

Replicando o histórico de 11 de março a 26 de novembro, é possível projetar a necessidade de 352 leitos de UTI e enfermaria para atender os casos da última semana.

  • 707 infectados a uma taxa de internamento de 26%: 169
  • 301 infectados a uma taxa de internamento de 39%: 114
  • 119 infectados a uma taxa de internamento de 60%: 69

IDOSA MORRE APÓS PROCURAR UTI EM TRÊS HOSPITAIS

Orlandina Pereira Zankoski, 87, morreu no último domingo (22) por complicações da Covid-19, insuficiência respiratória e choque cardiogênico. Durante a busca por um leito hospitalar, a idosa sofreu um infarto.

Na sexta-feira (20) à noite, por volta das 23h30, ela sentiu dificuldade para respirar, o que motivou a procura por assistência médica. A família conta que dois hospitais privados recusaram atendimento por falta de vagas.

A idosa só foi atendida no terceiro hospital, já na madrugada de sábado (21). Mesmo diante da gravidade do quadro, a transferência do pronto atendimento para o leito de UTI demorou cerca de 20 horas.

“Foi bastante angustiante. O fato de você chegar num primeiro local e não conseguir viabilizar o atendimento. Chegar num segundo [hospital] e ver a mesma situação. E aí, finalmente, conseguir na terceira tentativa. Esse caminho até o atendimento é uma situação de total angústia, porque você percebe que o seu familiar está ali numa situação bastante delicada”, relata a advogada Syndia Nara Postal, neta de Orlandina.

No decorrer da semana, a escalada inédita da pandemia de coronavírus fez quatro hospitais privados de Curitiba encerrarem atendimentos por falta de leitos disponíveis. Na rede pública, a taxa média de ocupação dos leitos de UTI passou de 90%.

Na sexta-feira (27), Curitiba anunciou a reorganização da rede pública, de forma a reservar 174 novos leitos para Covid-19. Em uma semana, a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) reativou 304 leitos de atendimento exclusivo para a pandemia.

Previous ArticleNext Article