Secretário de Saúde de SP diz que eficácia da CoronaVac não atingiu 90%

Do UOL

coronavac Motivo de guerra entre Bolsonaro e Doria, 1º lote de Coronavac chega ao Brasil

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou nesta quinta-feira (24) que a CoronaVac não atingiu 90% de eficácia no Brasil e que sabia que “a efetividade jamais” atingiria este índice.

Os números, no entanto, são inferiores aos do anunciado hoje pela Turquia, que apresentou 91,25% de eficácia nos testes da fase 3 realizados no país “Todas as vacinas que são formuladas por fragmentos de vírus acabam produzindo menos anticorpos que com vírus vivos, que chamamos atenuados, como sarampo e febre amarela, que produzem proteção menor.

Sabíamos que a efetividade jamais atingiria 90%, mas o que nós não imaginamos é que a empresa objetivava um resultado próximo em todos os países”, disse Gorinchteyn em entrevista para a rádio CBN.

Leia a notícia completa no UOL.

Leia também: Coronavac tem 91% de eficácia, afirma governo da Turquia

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="735818" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]