Sesa libera vacinação para quem vai estudar ou trabalhar no exterior

Redação

vacinação paraná estudar morar fora do país

Moradores do Paraná com 18 anos ou mais que comprovem o estudo ou trabalho fora do Brasil podem ser vacinados contra a covid-19. A autorização se deu nesta semana por uma decisão da Sesa (Secretaria de Estado de Saúde) e Cosems-PR (Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Paraná), que formam a Comissão Intergestores Bipartite do Paraná.

De acordo com a determinação, não serão contemplados nessa vacinação quem for viajar a turismo, congressos, tratamentos médicos (consultas inclusive), ou mudança de país. Curitiba, Maringá e Cascavel, por exemplo, já seguem a decisão.

O QUE FAZER PARA SE VACINAR CONTRA COVID-19 SE 

Os requisitos básicos exigidos são ter 18 anos ou mais, ser residente do Paraná e comprovar a necessidade profissional ou acadêmica, com documentos que tenham foto.

Para receber a vacinação, é necessário ter pelo menos 18 anos, ser residente do Paraná e comprovar necessidade profissional ou acadêmica, em processo de expatriação ou seleção em programas de formação, ensino e pesquisa no exterior, nos seguintes termos:

  • Agenda profissional no exterior: deve ser apresentado documento que comprove a participação em atividade profissional com a modalidade presencial, sem data prevista de retorno (expatriação), onde conste nome completo e o CPF do trabalhador;
  • Intercâmbio estudantil ou acadêmico no exterior: deve apresentar comprovante de aceite na universidade ou escola de destino com modalidade presencial e as datas previstas para início e término das aulas. Também é obrigatório constar o nome completo e o CPF do estudante.

PREFEITURA DE CURITIBA PEDE QUE ENVIE E-MAIL 

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba informa que seguirá o determinado pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB) do Paraná e pela nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Paraná, que liberou a vacinação anticovid de “pessoas com 18 anos ou mais, que comprovem necessidade profissional ou acadêmica em processo de expatriação ou selecionados em programas de formação, ensino e pesquisa no exterior”.

A SMS solicita que as pessoas que se encaixem nos critérios enviem e-mail para vacinacovid@sms.curitiba.pr.gov.br, com comprovante de endereço de Curitiba, documento de identificação com foto e a documentação do intercâmbio ou de atividade de trabalho no exterior (carta de aceitação ou documento oficial congênere da instituição onde ocorrerá a atividade), conforme critérios expostos nas notas da Sesa e CIB.

Além disso, o interessado deverá enviar uma declaração de responsabilização legal pela veracidade das informações apresentadas. Este formulário pode ser acessado aqui.

A solicitação será avaliada pela equipe da SMS e, se atender as orientações da nota técnica da SESA e CIB, a vacina será agendada com dia e hora marcada por meio do aplicativo Saúde Já, exclusivamente no Pavilhão da Cura, no Barigui, conforme disponibilidade do imunizante.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="783010" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]