Tecpar quer construir nova planta multivacinas de R$ 1,2 bilhão

Redação

tecpar, planta, planta multivacina, instituto de tecnologia do paraná, produção, vacina, sputnik v, covid-19, coronavírus, investimento

O Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná) pretende construir uma nova planta multivacinas na sede da Cidade Industrial de Curitiba. O projeto prevê um investimento de R$ 1,2 bilhão e já foi protocolado junto ao Governo Federal.

A nova planta seria capaz de produzir vacinas contra Covid-19 e outras doenças. A ampliação faria do Tecpar o terceiro maior polo produtor de vacinas, atrás do Instituto Butantan (SP) e da Fiocruz Biomanguinhos (RJ).

A intenção de construir uma nova planta multivacinas foi confirmada pelo Tecpar durante visita da Frente Parlamentar do Coronavírus da Assembleia Legislativa do Paraná, presidida pelo deputado estadual Michele Caputo (PSDB).

“Temos o maior programa de vacinação do país, mas situações como essa [pandemia] nos mostram que é sempre preciso avançar. Não podemos ficar dependentes de outros países. Temos que investir aqui”, disse o parlamentar.

De acordo com o Tecpar, além de vacinas contra a Covid-19, a nova planta multivacinas poderia atender outras demandas do SUS (Sistema Único de Saúde), responsável pelo maior programa público de imunização do mundo.

“O Tecpar avalia, como laboratório público oficial, potenciais parcerias, seja na área de vacinas ou em novos produtos e serviços para combater o coronavírus”, completou o diretor-presidente do instituto, Jorge Callado.

VACINA CONTRA COVID-19: TECPAR TEM PARCERIA COM INSTITUTO RUSSO

Várias candidatas a vacina contra Covid-19 despontam no mundo e aguardam a análise dos resultados finais dos ensaios clínicos. Dentre elas, o Tecpar firmou uma parceria com o Instituto Gamaleya de Moscou, que desenvolve a Sputnik V.

O acordo de cooperação técnica prevê a troca de tecnologia para ensaios clínicos e eventual produção da vacina em território nacional. Os processos dependem do aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Outras vacinas já divulgaram resultados promissores em relação a segurança e eficácia contra Covid-19. Destacam-se os imunizantes desenvolvidos pela Pfizer / Biontech, Moderna e AstraZeneca / Universidade de Oxford.

*Com informações do Tecpar

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="730206" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]