Coronavírus
Compartilhar

Vacina da Pfizer é autorizada para adolescentes com mais de 12 anos no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a vacina da Pfizer, contra a Covid-19, para adolescentes c..

Redação - 11 de junho de 2021, 08:26

RIO DE JANEIRO, RJ, 03.03.2021 - VACINA-CORONAVÍRUS - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta terça-feira, 2, que o pretende comprar 20 milhões de doses da vacina da Pfizer e 20 milhões de doses da russa Sputnik V. A gestão paulista pretende usar os dois imunizantes, junto da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, no programa de imunização contra a Covid-19. Na imagem ilustrativa, ampola de vacina Pfizer e seringa com logomarca em tela de fundo. (Foto: Kevin David/A7 Press/Folhapress)
RIO DE JANEIRO, RJ, 03.03.2021 - VACINA-CORONAVÍRUS - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta terça-feira, 2, que o pretende comprar 20 milhões de doses da vacina da Pfizer e 20 milhões de doses da russa Sputnik V. A gestão paulista pretende usar os dois imunizantes, junto da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, no programa de imunização contra a Covid-19. Na imagem ilustrativa, ampola de vacina Pfizer e seringa com logomarca em tela de fundo. (Foto: Kevin David/A7 Press/Folhapress)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a vacina da Pfizer, contra a Covid-19, para adolescentes com mais de 12 anos. A informação foi divulgada nas primeiras horas desta sexta-feira (11).

De acordo com a agência, os estudos desenvolvidos pela farmacêutica e analisados pelo órgão indicaram a segurança e eficácia do imunizante em adolescentes. A vacina da Pfizer é a única entre as autorizadas no Brasil com indicação para menores de 18 anos.

Antes, a vacina Comirnaty estava autorizada para pessoas com 16 anos ou mais. Agora, a bula do imunizante passa a indicar esta nova faixa etária. Nos EUA, a vacina já é aplicada em adolescentes entre 12 e 15 anos. Na Europa, maiores de doze anos também já recebem doses da farmacêutica.

A vacina da Pfizer foi a primeira a receber o registro definitivo para vacinas Covid-19 no Brasil e é a primeira a ser liberada para adolescentes com mais de 12 anos.