Coronavírus
Compartilhar

Vacinação contra a Covid-19 no Paraná pode começar em janeiro, projeta Beto Preto

O secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou que a vacinação contra a covid-19 no Paraná pode começar a partir d..

Redação - 31 de dezembro de 2020, 07:00

Reuniao do Secretário de Estado da Saude, Beto Preto, Secretário de Estado da Comunicação e da Cultura ,João Evaristo Debiasi com Assomec – Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba e representantes para alinhamento de açoes no combate do coronavirus.  - Curitiba -  02/13/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Reuniao do Secretário de Estado da Saude, Beto Preto, Secretário de Estado da Comunicação e da Cultura ,João Evaristo Debiasi com Assomec – Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba e representantes para alinhamento de açoes no combate do coronavirus. - Curitiba - 02/13/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou que a vacinação contra a covid-19 no Paraná pode começar a partir do final de janeiro. Segundo ele, a expectativa do governo é imunizar os profissionais da saúde com o imunizante da Pfizer.

O laboratório estadunidense ainda não apresentou junto à Anvisa o pedido de registro da vacina, que já é aplicada nos Estados Unidos e no Reino Unido, por exemplo.

De acordo com Beto Preto, os profissionais que atuam na linha de frente do combate à pandemia serão os primeiros imunizados. Posteriormente, a vacina será disponibilizada para idosos e demais grupos prioritários.

"Nós estamos preparados para, no final do mês de janeiro, quando possivelmente começam a chegar as primeiras vacinas da Pfizer, para vacinar os profissionais de saúde da linha de frente", disse em entrevista à Band TV.

O chefe da pasta afirma que o Paraná tem à disposição os ultracongeladores necessários para manter a temperatura ideal desta vacina, caso o imunizante da Pfizer seja aprovado pela Anvisa.

"As vacinas para covid que vierem para o Brasil serão disponibilizadas para os cidadãos do Paraná de acordo com o Programa Nacional de Imunizações e seguirá o calendário proposto em relação a coronavírus", completou.