Vacinas: Paraná receberá 649 mil doses nos próximos dias, diz Ministério da Saúde

Redação

vacinas, vacina, novo lote, covid, covid-19, coronavírus, cemepar, centro de medicamentos do paraná, sesa, secretaria de estado da saúde, ministério da saúde

Mais 649.420 doses de vacinas contra a covid-19 devem chegar ao Paraná nos próximos dias. A projeção de envio foi confirmada neste domingo (25) pelo Ministério da Saúde. A data exata não foi informada, mas a remessa deve ser concluída no decorrer da semana.

De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), o novo lote deve garantir o avanço da campanha de imunização por idade no Paraná. Além disso, parte das doses serão destinadas para grupos prioritários que iniciaram a imunização no primeiro semestre e aguardam a segunda dose.

O Ministério da Saúde deve enviar vacinas da AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer/BioNTech. A distribuição será da seguinte forma.

  • AstraZeneca (361.250 doses): 63 mil via Covax Facility; 298.250 via Fiocruz. Todas destinadas para segunda dose (D2)
  • CoronaVac (170.000 doses): via instituto Butantan. Divididas para primeira dose (D1) e segunda dose (D2)
  • Pfizer/BioNTech (118.170 doses): via Ministério da Saúde. 44.891 doses para D1 e 73.279 doses para D2

VACINAS CONTRA A COVID-19 NO PARANÁ

O novo lote do Ministério da Saúde deve chegar dividido em várias aeronaves. Todas as remessas são recebidas no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba.

De lá, os imunizantes são transportados para o Cemepar (Centro de Medicamentos do Paraná), em Curitiba, para registro e armazenagem. Posteriormente, a Sesa inicia o trabalho logísticos de distribuição para as 22 regionais de saúde.

VACINÔMETRO

De acordo com os dados do Localiza SUS, do Ministério da Saúde, com uma população vacinável estimada em 8,7 milhões de pessoas, o Paraná concluiu o esquema vacinal de apenas 2 milhões de pessoas, o que corresponde a 23% dos adultos.

Ao todo, 5,5 milhões de pessoas do Paraná receberam, pelo menos, uma dose da vacina, o que corresponde a 63% da população vacinável e 47% do total.

Conforme a Sesa, o objetivo do Paraná é aplicar a primeira dose das vacinas contra a covid-19 em 80% da população adulta até o final de agosto. Os demais jovens devem iniciar a imunização em setembro. Não há previsão para a conclusão da imunização com duas doses.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="778040" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]