Explosão de casos pode acontecer a qualquer momento, alerta Beto Preto: ‘momento crítico’

Angelo Sfair

operação verão, operação verão consciente, verão, litoral, interior, covid, covid-19, coronavírus, explosão, casos, óbitos, beto preto, rômulo soares marinho, hélio wirbiski

A pandemia do coronavírus está em um momento crítico no Paraná e a situação pode se tornar caótica caso haja um aumento de casos confirmados de Covid-19. Sem possibilidade de abertura de novos leitos, pacientes podem morrer sem assistência médica. O alerta foi feito nesta sexta-feira (18) pelo secretário da Saúde, Beto Preto, que demonstrou preocupação com a temporada de verão no litoral e no interior do Estado.

O chefe da pasta foi taxativo ao afirmar que desestimular aglomerações é a única forma segura de lidar com a pandemia até que uma vacina seja disponibilizada para todos. Segundo ele, uma “explosão de casos” de Covid-19 pode acontecer a qualquer momento. Com os hospitais lotados e as equipes exauridas, esse cenário deve ser combatido a todo custo.

“Hoje a taxa de confirmação dos testes RT-PCR é de 30% a 40%, muito acima do índice ideal defendido pela OMS, que é de 5%”, disse Beto Preto. “Isso demonstra que o vírus está em plena circulação”.

Ao lembrar que o Paraná tem confirmado entre 5 mil e 6 mil casos de Covid-19 todos os dias, o secretário da Saúde estima que o número real de novos infectados, incluindo assintomáticos e não testados, chegue a 20 mil pessoas por dia. O cálculo feito por Beto Preto indica que, para cada caso diagnosticado, outros três passam despercebidos pelos registros oficiais da doença.

NO LIMITE

A chegada do Verão e a proximidade das festividades de Natal e ano-novo impõem um prognóstico desfavorável. Nesse sentido, o secretário da Saúde do Paraná fez uma apelo para criar na população uma consciência coletiva. Atualmente, os jovens respondem por cerca de 40% dos novos casos identificados de Covid-19. Menos vulnerável às formas graves da doença, esse grupo também é o que mais se expõe a riscos desnecessários, como aglomerações e festas clandestinas.

“A rotatividade dos leitos clínicos e de UTI está mais lenta. A nossa fila, que hoje é de 120 pessoas, pode saltar repentinamente para 300 pessoas. Não temos capacidade para isso”, explicou Beto Preto, afirmando que a construção de hospitais de campanha não é uma alternativa viável porque já não existem médicos intensivistas e profissionais capacitados para operar unidades de alta complexidade.

O secretário de Estado da Saúde afirmou que o número de mortes por Covid-19 tem aumentado progressivamente no Paraná. Segundo ele, não há como reverter a tendência de alta sem romper a cadeia de contágio.

VERÃO CONSCIENTE: CARTILHA ORIENTA VERANISTAS

Beto Preto compartilhou o prognóstico negativo ao participar do lançamento da Operação Verão Consciente, que na temporada 2020-21 vai substituir a Operação Verão. Nesta edição, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros trabalharão para garantir o cumprimento do decreto restritivo relacionado à pandemia do coronavírus, válido até 28 de dezembro, que impõe toque de recolher noturno, lei seca e proibição de aglomerações com mais de 10 adultos. A Sesa já avalia o pedido de prorrogação das medidas até, pelo menos, a primeira semana de janeiro.

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Rômulo Marinho Soares, os cidadãos que descumprirem estarão sujeitos à responsabilidade criminal prevista nos artigos 268 e 330 do Código Penal, que tratam da propagação de doenças contagiosas e da desobediência. “Nossa orientação é pelo bom-senso. Nossas equipes do litoral e no interior vão priorizar o diálogo e a orientação. Mas, não faltará energia para cumprir as determinações, se necessário”.

Conforme o coronel, uma parceria com o TJPR (Tribunal de Justiça do Paraná) permitirá a construção de um cartório temporário no Paraná para que sejam lavrados os termos circunstanciados relacionados à temporada de Verão.

O superintendente de Esporte do Paraná, Hélio Wirbiski, também participou do lançamento da Operação Verão Consciente e colocou as equipes à disposição para ações educativas nas praias, no litoral, e no interior. O governo do Paraná lançou uma cartilha online com orientações para os veranistas, que pode ser consultada aqui, ou acessada pelo site: www.coronavirus.pr.gov.br.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="735068" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]