Vereadores aprovam projetos para Curitiba comprar vacinas contra covid-19

Redação

vacinas covid curitiba vereadires

Com unanimidade em primeiro turno, os vereadores de Curitiba aprovaram a compra de vacinas contra covid-19 por parte da prefeitura. Dois projetos foram votados em caráter de urgência e voltará ao plenário na sessão desta quarta-feira (17) para confirmação da aprovação em segundo turno.

De acordo com as propostas apresentadas pelo prefeito Rafael Greca (DEM) aos parlamentares, Curitiba pode adquirir imunizantes antes do governo federal e integrar o consórcio de municípios organizado pela FNP (Frente Nacional dos Prefeitos).

Vale lembrar que a tramitação de um projeto de lei na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) costuma demorar pelo menos dois meses para ser votado pelos vereadores no plenário. A agilidade desse caso se deve ao pedido de urgência do vereador Pier Petruziello (PTB), líder do governo municipal na Câmara. Com isso, o projeto protocolado na quinta-feira da semana passada entrou em votação nesta terça-feira (16).

Sessão aconteceu de forma on-line durante a semana da bandeira vermelha em Curitiba. (Divulgação/CMC)

Conforme o último boletim, Curitiba acumula 158.737 casos confirmados e 3.264 mortes por covid-19. A cidade está sob bandeira vermelha, que representa alerta máximo contra a doença.

VACINAÇÃO EM CURITIBA

Segundo os dados da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba, 105.859 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 até essa segunda-feira (15).

Foram vacinados:

  • 53.459 idosos;
  • 46.619 profissionais dos serviços de saúde da cidade (incluindo as equipes de vacinação);
  • 5.708 moradores, funcionários e cuidadores de instituições de longa permanência;
  • 73 indígenas;

Destas, 44.602 pessoas já receberam a segunda dose da vacina. Neste momento, a vacinação com a segunda dose está sendo feita nas instituições de longa permanência e para os profissionais de saúde, indígenas e idosos.

No total, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde 118.490 doses de vacinas para imunizar os grupos prioritários. No entanto, a expectativa da SMS é que a vacinação seja paralisada ainda nesta semana por falta de vacinas.

Nesta terça-feira (16/3) serão vacinados com primeira dose pessoas com 77 anos completos nascidas entre 1º de janeiro e 30 de junho. Na quarta-feira (17/3) serão imunizados idosos com 77 anos completos nascidos entre 1º de julho e 31 de dezembro.

Previous ArticleNext Article