Volta às aulas no Paraná: resolução da Sesa prevê aulas presenciais de forma escalonada

Redação

Volta às aulas Paraná: Governo investiu R$ 5,9 milhões em equipamentos de segurança

Uma resolução da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), publicada nesta quinta-feira (4), prevê a volta às aulas presenciais no Paraná de forma escalonada. O ano letivo 2021 está marcado para começar no dia 18 de fevereiro.

“Iniciando-se pelas turmas com crianças até 10 anos de idade; após uma semana as demais turmas do ensino fundamental e, depois de duas semanas do início das atividades presenciais, os alunos do ensino médio, contribuindo assim para a estruturação das medidas e proteção da saúde de todos”, diz a Resolução 98/2021.

A ocupação de cada sala de aula deve ser calculada de acordo com o espaço disponibilizado, sempre respeitando o distanciamento de 1,5 metro entre os estudantes.

Além disso, há previsão de que o retorno das aulas no Paraná seja feito de maneira híbrida, de acordo com a capacidade e estrutura de cada instituição. As atividades curriculares e extracurriculares também devem funcionar da mesma forma, com revezamento de alunos na modalidade on-line e presencial.

Conforme a resolução, está proibida, em qualquer circunstância, a realização de atividades coletivas que envolvam aglomeração ou contato físico, incluindo esportes coletivos, modalidades de luta, entre outras.

Em casos suspeitos ou confirmados da Covid-19 na comunidade escolar, a direção pode cancelar as atividades presenciais de forma parcial ou total, de uma turma ou mais. Já a higienização e a desinfecção de áreas internas e externas das escolas devem ser intensificadas.

As aulas presenciais no Paraná foram suspensas no dia 20 de março de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Desde então, os estudantes continuaram o ano letivo com aulas on-line ou através de canais de TV.

Previous ArticleNext Article