Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Balada Protegida aplica 174 multas em uma noite

SMCS A quinta edição do Balada Protegida, programa da Prefeitura de Curitiba para a segurança dos frequentadores ..

Narley Resende - 19 de fevereiro de 2017, 16:25

SMCS

A quinta edição do Balada Protegida, programa da Prefeitura de Curitiba para a segurança dos frequentadores de bares e comerciantes, foi realizada das 21h de sexta-feira (17) à 1h de sábado (18) no Batel, Bacacheri, Prado Velho, São Francisco e Parque Barigui.

A ação resultou em 174 autos de infração de veículos por uso de celular ao volante, estacionamento irregular ou falta de cinto de segurança; três termos para comparecimento em juízo por perturbação de sossego; um embargo de estabelecimento por falta de licença; uma paralisação de atividade comercial por falta de alvará; e um encaminhamento à Polícia Civil por porte de drogas.

No Batel, várias ruas tiveram a atuação das equipes do Balada Protegida. Na Rua Coronel Dulcídio, 122 pessoas foram autuadas por dirigir falando ao celular ou falta de cinto de segurança. Na esquina da Vicente Machado com Presidente Taunay, cinco motoristas foram autuados por estacionamento irregular e 30 por infrações ao volante. No trecho da Rua Carlos de Carvalho com Coronel Dulcídio, mais quatro autos por estacionamento irregular e três por condição por infrações ao volante.

O Balada Protegida atende as sugestões da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) junto ao prefeito Rafael Greca, que determinou a expansão das operações do programa desde o início de sua gestão.

A operação desta sexta-feira teve participação de 50 integrantes da Guarda Municipal e das secretarias de Defesa Social e Trânisto, do Urbanismo e do Meio Ambiente. Foram empregadas 19 viaturas, além de um veículo do Grupo de Operações Especiais (GOE) e outra do Grupo de Operações com Cães (GOC).

Alvará

No bairro São Francisco, a Secretaria Municipal do Urbanismo vistoriou vários estabelecimentos e um deles foi fechado por falta de alvará e orientado a ingressar com protocolo para regularização. Outro estabelecimento teve notificação por falta de alvará. Também foram dadas orientações aos comerciantes sobre higiene sanitária, temperatura e descarte correto de alimentos.

Barulho e drogas

No Barigui, após um chamado dos moradores do bairro, foram lavrados três autos de infração por perturbação do sossego e bem estar público. Todos envolviam carros com som alto. Também foi preso e encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), da Polícia Civil do Paraná, um homem de 18 anos por porte de drogas.